UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 23 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: JOSE HENRIQUE DE MELO CARDOSO
11/12/2012 23:18


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSE HENRIQUE DE MELO CARDOSO
DATA: 19/12/2012
HORA: 19:00
LOCAL: Lab Geral do DCOMP
TÍTULO:

UMA ABORDAGEM PARA O PROCESSO DE ENGENHARIA DE REQUISITOS SOB A ÓTICA DA GESTÃO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO


PALAVRAS-CHAVES:

Gestão de Processos de Negócio, Processo de Engenharia de Requisitos, Melhoria do Processo de Engenharia de Requisitos


PÁGINAS: 173
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
SUBÁREA: Metodologia e Técnicas da Computação
ESPECIALIDADE: Engenharia de Software
RESUMO:

Pesquisas recentes relatam problemas de gestão no processo de Engenharia de Requisitos (ER). São problemas relacionados com comunicação, pessoas, metas, cultura e política, ligados diretamente à gestão do processo, que influenciam negativamente a ponto de inviabilizar projetos, causando prejuízos consideráveis para os negócios. Apesar do processo de ER apresentar como uma de suas atividades a Gerência de Requisitos, essa atividade tem como foco a qualidade do produto final, o Documento de Requisitos. Consequentemente, esforços para melhoria da qualidade da gestão de todo o processo, fazem-se necessários. Esta dissertação apresenta uma abordagem que propõe a visualização do processo de ER como um processo de negócio, possibilitando a inserção de princípios de gestão sob a ótica da Gestão de Processos de Negócio (Busines Process Management - BPM). A inserção tem por objetivo, a melhoria de desempenho de processos tradicionais de ER a fim de resolver o problema da gestão inadequada desses processos. Como modelo de partida (As Is), considera-se o processo de ER, conforme o SWEBOK. Em seguida um processo desejável (To Be) é definido e modelado, introduzindo-se princípios de gestão que proporcionam um aumento de efetividade e qualidade. A elevação da efetividade é obtida pelo Gerenciamento Estratégico, enquanto a melhoria da qualidade pelo Gerenciamento de Desempenho. A gerência estratégica é alcançada pelo alinhamento dos requisitos com as metas da organização e dos processos de negócio, já a gerência de desempenho é estabelecida pela aplicação da técnica do Controle Estatístico de Processos (Statistical Process Control - SPC). Como forma de validação, a abordagem proposta foi aplicada em um estudo de caso, onde dois processos foram avaliados em uma mesma organização, um com e outro sem a utilização da proposta. Para medição, foram empregados os indicadores de desempenho introduzidos pela abordagem. Como resultado, foi obtido um processo de ER com melhor efetividade e qualidade, capaz de realizar novas inserções, de forma objetiva, buscando a melhoria contínua desse processo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2685432 - ADICINEIA APARECIDA DE OLIVEIRA
Externo à Instituição - FERNANDA MARIA RIBEIRO DE ALENCAR
Externo à Instituição - JUDITH VIRGINIA PAVON MENDOZA
Interno - 426620 - LEILA MACIEL DE ALMEIDA E SILVA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5