UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 19 de Junho de 2024

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: VINICIUS JOSE CAMPOS
27/01/2023 16:05


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VINICIUS JOSE CAMPOS
DATA: 30/01/2023
HORA: 09:00
LOCAL: https://meet.google.com/agg-nmjn-gwc
TÍTULO: AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA CARNE, PELE E EXPRESSÃO GÊNICA DAS HIDROXIPROLINAS EM VARIEDADES VERMELHAS E PRETAS DE TILÁPIAS DO NILO (OREOCHROMIS NILOTICUS)
PALAVRAS-CHAVES: Tilápia, colágeno, hidroxiprolinas, qualidade da carne, expressão gênica, qualidade da pele.
PÁGINAS: 30
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Produção Animal
RESUMO:

A criação de tilápia tem despertado o interesse dos produtores de pescado devido ao seu baixo custo, tolerância à aquicultura de alta densidade, resistência a doenças, boa fonte de proteínas e nutrientes de alta qualidade, e sua pele que tem sido utilizada na medicina humana com resultados promissores. Devido a isso, estudos vêm sendo intensificados para avaliar parâmetros da qualidade da carne e pele, tanto quanto a qualidade do colágeno composta nesses produtos. Dessa forma, esse trabalho têm como objetivos avaliar parâmetros relacionados à qualidade da carne e pele, e também o teor de colágeno na pele e no músculo, através da expressão das hidroxiprolinas (COL1A2 e COL1A3), subunidades do colágeno em duas diferentes variedades de tilápia (Oreochromis niloticus). Para isso, foram utilizadas 24 Tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus), sendo 12 indivíduos da variedade preta e 12 indivíduos da variedade vermelha de aproximadamente 150 dias, com peso médio de 0,450 kg. Os animais foram abatidos e pesados; foram tomadas as medidas de comprimento total, comprimento padrão, comprimento da cabeça, altura na região do dorso e da cauda, assim como a largura nessas mesmas regiões. Além disso, foram eviscerados e esfolados para retirada da carne e pele, que foram utilizados para expressão dos genes COL1A2 e COL1A3. A presente pesquisa mostrou que não houve diferença estatística entre as duas variedades de tilápias em relação às características morfométricas, mas houve diferença estatística para característica de carcaça nos parâmetros de L* (luminosidade), b* (componente amarelo-azul) e pH (P <0,05). A partir dos nossos resultados, pudemos observar que diferentes variedades de tilápias (preta e vermelha) possuem características diferentes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2229398 - ANA PAULA DEL VESCO
Externo à Instituição - ELIANE GASPARINO
Externo à Instituição - MARIA LUIZA RODRIGUES SOUZA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2024 - UFRN v3.5.16 -r19283-d78a3f92dc