UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 30 de Novembro de 2022

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de DEFESA: LUIZ INÁCIO SAMPAIO DA SILVA
25/08/2022 22:11


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUIZ INÁCIO SAMPAIO DA SILVA
DATA: 31/08/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Forma remota - Google Meet
TÍTULO: Desenvolvimento Econômico Regional: Um Modelo Previsão nas Empresas Sergipanas
PALAVRAS-CHAVES: Desenvolvimento Regional; Empresas; Previsão; Série temporal; Sergipe
PÁGINAS: 58
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Economia
RESUMO:

As ações da política de desenvolvimento para o nordeste vêm ganhando espaço desde o século passado, na construção de cenários e modelos de desenvolvimento econômico, permitindo, assim, elaboração de novos negócios como uma estratégia para a superação da falta de desenvolvimento e que ocasionasse em uma atração de investimento para toda área de atuação. O desenvolvimento deste estudo teve início com a revisão bibliográfica, apresentando um panorama econômico sob a ótica dos desenvolvimentista Myrdal, Hischiman e Perroux, com o apoio de livros, dissertações, revistas e artigos científicos, apresentaram a expressividade do desenvolvimento econômico e o estado de Sergipe em suas definições, características e no gerenciamento das informações previsionais. Dessa forma, com a intenção de ressaltar e apresentar modelos alternativos para explicar o desenvolvimento econômico regional de Sergipe, identificando o comportamento das empresas entrantes, no intuito de verificar possíveis situações que comprometam o desenvolvimento, através da predição e evolução nos próximos três anos. O modelo elaborado serve como monitoramento do cenário para as empresas privadas investimentos futuros, bem como na contextualização social da população sergipana. A base de dados compreende o período de 2008 a 2019, o que exigiu a extração, organização das informações e buscar autores que já apresentaram estudos sobre previsão dos anos seguintes. Apesar dos poucos trabalhos relacionados à análise de desenvolvimento regional e a ótica da ciência de dados preditiva, buscou-se através da série temporal descrever o funcionamento padrão do comportamento e isso foi feito através da visualização de gráficos e tabelas. O modelo ARIMA identificado de melhor resultado foi (0,1,2) com o menor MAPE de 3.7180. Para a validação do modelo, o ano de 2018 obteve o menor erro percentual de 0,206%, enquanto para 2017 e 2019 foi de 6,361% e 5,121%. Feita a validação os resultados que apresentaram uma melhor previsão para 2020, 2021 e 2022 com os respectivos resultados 5.661, 5.801 e 6.078 empresas entrantes. Os resultados abordados no modelo de previsão apresentam a validade preditiva para o problema proposto e um novo conhecimento de estudos que assegurem o fortalecimento do econômico desenvolvimentista em Sergipe.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2458822 - DENISIA ARAUJO DAS CHAGAS
Interno - 1862007 - CHRISTIANE SENHORINHA SOARES CAMPOS
Externo à Instituição - BRUNO SETTON GONÇALVES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2022 - UFRN v3.5.16 -r18156-ca4d4a6fac