UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 27 de Janeiro de 2023

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARCELA PRADO MENDONÇA
23/05/2022 09:37


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARCELA PRADO MENDONÇA
DATA: 31/05/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Plataforma Google Meet
TÍTULO: AS INVISIBILIDADES DAS MULHERES PESCADORAS E MARISQUEIRAS NO CONTEXTO SOCIOAMBIENTAL EM ARACAJU/SE
PALAVRAS-CHAVES: Etnografia; Mariscagem; Analise de conteúdo; Racismo Ambiental; Mulheres.
PÁGINAS: 37
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

Esta pesquisa tem como principal problema demonstrar que a atividade de pesca e mariscagem, realizada por mulheres, apesar de culturalmente reconhecida em todo o território aracajuano e do Brasil, é socioambientalmente invisível. Buscaremos estabelecer a relação entre pessoa (homem; mulher) e natureza, sob a ótica das contribuições de autores do campo da filosofia, nossa proposta é analisar o objeto a partir da relação entre Sociedade e Natureza, sob a perspectiva dos autores Santos, Larrere e Shiva. As temáticas da mulher, da mulher negra, do meio ambiente das invisibilidades inserem nas agendas públicas e as metas da ODS. A percepção do problema e sua interconexão com a ciência caminham a passos lentos, pois são temáticas tratadas de forma separadas, o que dificulta essa percepção e, por consequência a análise das múltiplas conexões que há entre elas. Nesse contexto a nossa pesquisa caracteriza-se como interdisciplinar no campo da etnografia. Como hipótese a tese discute os conceitos relacionados à feminilidade, a mulher trabalhadora, à mulher pescadora e a marisqueira e a sua submissão ao racismo ambiental e, por fim à invisibilidade será testada em campo nos bairros Atalaia, Farolândia, Coroa do Meio, Bairro Industrial, Porto Dantas, Mosqueiro e Zona de Expansão, territórios de pesca e mariscagem na cidade de Aracaju. Uma segunda hipótese é a de que as mulheres pescadoras e marisqueiras possuem um amplo conhecimento etnocultural sobre as águas, os manguezais e sobre os pescados e que a relação de apropriação desenvolvida pelas pescadores locais com a natureza é caracterizada por extremos laços de identidade, pertencimento e, principalmente respeito, onde são desenvolvidos valores simbólicos e materiais que asseguram o seu modo de vida, mas esses modos não aparecem necessariamente como visíveis ou legitimados pela sociedade. A metodologia de abordagem etnográfica será análise por analise de conteúdo de Bardin. Os cenários esperados buscam convencer os atores sociais e interessados nas dimensões em nível de Estado, Empresas Privadas e Sociedade: i) a buscar políticas públicas que reduzam essa invisibilidade com instrumentos jurídicos diante das especificidades que envolvem o trabalho da mulher pescadora e marisqueira; ii) reduzir a ocupação, privatização e degradação dos territórios da pesca predatória em Aracaju. Para caracterizar as relações entre as temáticas ligadas à feminilidade traremos as autoras Evaristo, Davis 1981, Anzaldúa, Chauí, Lugones 2022, Akotirene e Hooks 2018. Para entender as relações de trabalho das mulheres pescadoras em marisqueiras utilizaremos os conceitos de colonialidade, decolonialidade, poder, classes, trabalho, identificação e visibilização de construções epistêmicas alternativas de Chauí, Segato, Lugones, Senhorinha e Andaluzia.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 388007 - ADAUTO DE SOUZA RIBEIRO
Interno - 1190318 - NUBIA DIAS DOS SANTOS
Externo ao Programa - 1124678 - PRISCILLA TEIXEIRA CAMPOS

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2023 - UFRN v3.5.16 -r18277-8067e35817