UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 29 de Novembro de 2022

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de DEFESA: JOEDSON DO ESPIRITO SANTO CELESTINO
05/05/2022 18:39


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOEDSON DO ESPIRITO SANTO CELESTINO
DATA: 12/05/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Via Google Meet
TÍTULO: Pirólise catalítica de polietileno de alta densidade (PEAD) sobre catalisadores zeolíticos do tipo ferrierita contendo lantânio
PALAVRAS-CHAVES: PEAD, pirólise catalítica, zeólita ferrierita, óxido de lantânio
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Química
SUBÁREA: Tecnologia Química
RESUMO:

O consumo de plásticos durante muitos anos se tornou uma tendência em alta na sociedade devido às suas excelentes propriedades de moldagem e reuso. Propriedades essas que estimularam as mais diversas indústrias de transformação a optar pelos derivados do petróleo. Como resultado, o descarte dos plásticos tem afetado bastante o meio ambiente, principalmente as fauna e flora marinhas e os rios. No intuito de reduzir esse agravante ambiental, este estudo proporcionou uma forma tecnológica para degradação catalítica de um plástico que responde por grande parte do consumo brasileiro, o polietileno de alta densidade (PEAD). Como catalisadores foram utilizados a zeólita ferrierita na forma ácida (H-FER), o óxido de lantânio (La2O3) e a H-FER contendo 10 e 20% de La2O3. Os catalisadores obtidos foram caracterizados por difratometria de raios X (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV) e adsorção de nitrogênio. Os ensaios de pirólise térmica e catalítica foram realizados via TG/DTG. Através das analises de DRX foi possível observar que a estrutura cristalina da H-FER não foi afetada pela incorporação do La2O3. A morfologia dos materiais La2O3/H-FER observadas via MEV foi característica da zeólita H-FER e pode também ser observada a fase do La2O3. Para as amostras de H-FER com La2O3 incorporado ocorreu um gradual decréscimo da área superficial específica com o aumento de teor de La2O3. Os resultados obtidos foram promissores, mostrando o papel dos catalisadores na redução das temperaturas de pirólise (de até 77 °C) e energia de ativação (de até 128 kJ/mol), quando comparado com a pirólise térmica do PEAD. Em termos de redução da energia de ativação aparente observou-se que os materiais tiveram a seguinte escala de redução 10 % La2O3/H-FER > H-FER > 20 % La2O3 > La2O3 > PEAD puro. Os resultados sugerem que os catalisadores podem ser usados para a pirólise catalítica do PEAD, com destaque para os materiais 10 % La2O3/H-FER e H-FER que foram mais eficientes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1515782 - MARCELO JOSE BARROS DE SOUZA
Interno - 1307447 - PAULO HENRIQUE LEITE QUINTELA
Externo ao Programa - 2555266 - ANNE MICHELLE GARRIDO PEDROSA DE SOUZA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2022 - UFRN v3.5.16 -r18154-6e174eae4e