UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 02 de Fevereiro de 2023

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: CAMILO RAFAEL PEREIRA BRANDÃO
01/02/2022 10:14


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CAMILO RAFAEL PEREIRA BRANDÃO
DATA: 15/02/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO: Pegada Hídrica, Avaliação Do Ciclo De Vida e Sistema Safa como estratégia de análise da sustentabilidade da cadeia produtiva do arroz no baixo São Francisco Sergipano.
PALAVRAS-CHAVES: recursos hídricos; indústrias; beneficiamento de arroz; indicadores ambientais.
PÁGINAS: 127
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

O crescimento populacional das últimas décadas reflete no aumento da demanda pelo uso da água para produção de alimentos e embora o planeta possua este recurso em abundância o risco de escassez hídrica é alto. Este consumo está dividido em setores, sendo a indústria o segundo maior consumidor depois da agricultura e o uso indicadores de sustentabilidade permite informar sobre tendências e fenômenos não identificados de imediato. Um dos métodos que permitem a contabilização de uso e consumo dos recursos hídricos é a Pegada Hídrica (PH) que possui índices que contribuem para a discussão sobre a alocação sustentável e equitativa dos recursos hídricos. Em concordância com a PH, temos a Avaliação do Ciclo de vida (ACV) que é um dos principais instrumentos de avaliação de impactos dos recursos naturais, acompanhando a produção de um produto ou item do seu berço até o túmulo. É possível integralizar as duas metodologias a ferramenta de indicadores proposta pela FAO e voltada a sustentabilidade da agricultura chamada de SAFA. Neste contexto, o objetivo geral é aplicar a metodologia da PH integrada a ACV e o sistema SAFA no cultivo de arroz do baixo São Francisco. A área de pesquisa é caracterizada pelos municípios de Neópolis e Propriá - SE, e a Usina de beneficiamento de arroz fica localizada na cidade de Telha – SE, todos no baixo São Francisco sergipano. A metodologia é quali-quantitativa e a quantificação da PH industrial estará de acordo com o Manual de Avaliação da Pegada Hídrica. Para a ACV será trabalhada as normas NBR ISO 14040/2006, 14044/2009 e 14046/2014 no qual possui diretrizes sobre a aplicação da ACV e PH. O uso da ferramenta SAFA é para avaliar as dimensões de governança, integridade ambiental, resiliência econômica e bem-estar social, garantindo uma visão mais ampla do objeto de estudo e tendo por fim a aplicação de oficinas voltadas aos stakeholders tanto do campo quanto da indústria. Com base na metodologia descrita, os resultados esperados é a identificação de processos que contribuam para avaliar a relevância dos impactos gerados assim como mensurar os níveis de sustentabilidade do cultivo de arroz, bem como inventariar os dados do ciclo de vida da produção, garantindo um panorama geral que abre possibilidades para elaboração de políticas públicas voltadas a redução de práticas insustentáveis da rizicultura, investimentos socioeconômicos e ações voltadas à saúde do agricultor.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1834882 - ARIOVALDO ANTONIO TADEU LUCAS
Externo à Instituição - DANILO DE OLIVEIRA ALEIXO
Externo à Instituição - ELAINE APARECIDA DA SILVA
Presidente - 4178490 - INAJA FRANCISCO DE SOUSA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2023 - UFRN v3.5.16 -r18291-d8b5d91c4a