UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 06 de Dezembro de 2022

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JUSSARA SECUNDO DOS SANTOS
30/11/2021 08:31


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JUSSARA SECUNDO DOS SANTOS
DATA: 09/12/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Online
TÍTULO: APLICAÇÃO DE UM SOFTWARE NO ENSINO DO MANEJO DE DOENÇAS AUTOLIMITADAS NA GRADUAÇÃO DE FARMÁCIA
PALAVRAS-CHAVES: Educação farmacêutica, cuidado farmacêutico, competências clínicas, sintomas menores, software.
PÁGINAS: 116
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

As doenças menores consistem em condições comuns ouautolimitadas que podem ser tratadas pelo próprio paciente o que revela ser a farmáciacomunitária o primeiro local onde o paciente busca tratamento. Dessa forma, o farmacêuticoé o profissional que tem contato direto com o paciente e pode realizar o manejo dessascondições clínicas. O manejo dos sintomas menores é uma atribuição clínica que exigecompetências como acolhimento da demanda, identificação das necessidades de saúde dopaciente, da família e da comunidade. Por isso, durante a graduação, faz-se necessárioimplementar novas estratégias de ensino-aprendizagem que envolvam tecnologias capazesde auxiliar no desenvolvimento de competências clínicas no farmacêutico. Objetivo. Avaliaro efeito do uso de um software no desenvolvimento das competências clínicas deestudantes de farmácia no manejo de doenças menores. Método. Na primeira etapa desseestudo foi realizado o desenvolvimento do sistema de apoio a dispensação farmacêuticapara sintomas menores (SADFSM), este foi desenvolvido por uma equipe, envolvendodocentes, profissionais e estudantes da área da Farmácia e da Engenharia de produção. Nasegunda etapa está sendo realizada uma revisão de escopo a fim de mapear na literaturaas estratégias de ensino utilizados no manejo de doenças menores no contexto da farmáciae por fim, na terceira etapa um estudo longitudinal com avaliação antes e depois paramensurar o efeito do uso do SADFSM no desenvolvimento de competências clínicas nomanejo de doenças menores entre estudantes de graduação em farmácia, este foisubmetido ao comitê de ética e está aguardando autorização. Resultados. O SADFSM foidesenvolvido durante 41 reuniões periódicas. Durante as reuniões foi estabelecida alinguagem de programação, desenvolvido o protótipo, telas, ajustes funcionais, visual do software e a tela de prescrição farmacêutica. Na revisão de escopo foram identificados6.541 trabalhos a partir da busca nas bases de dados PubMed, Cochrane Library, Web ofScience e Embase. Destes, 69 foram incluídos. Conclusão. O SADFSM é a primeiraferramenta desenvolvida para o ensino de estudantes de farmácia para gerenciar doenças menores. O uso de SADFSM combinado com outras metodologias de ensino, como simulações, pode melhorar as competências clínicas dos estudantes, além de permitir a identificação segura de sinais e sintomas.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2869627 - ADRIANA GIBARA GUIMARÃES
Externo à Instituição - LUIZA ABRAHÃO FRANK
Presidente - 2030649 - MAIRIM RUSSO SERAFINI

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2022 - UFRN v3.5.16 -r18160-36a7f68df5