UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 04 de Dezembro de 2022

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: IARGO DE SOUZA SANTOS
21/10/2021 15:28


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IARGO DE SOUZA SANTOS
DATA: 27/10/2021
HORA: 19:00
LOCAL: via remota
TÍTULO: Transformações no setor energético e seus rebatimentos sobre territórios de povos e comunidades tradicionais: uma análise a partir da UTE Porto de Sergipe I na Barra dos Coqueiros
PALAVRAS-CHAVES: novo mercado de gás; povos e comunidades tradicionais; crítica da economia política; Sergipe
PÁGINAS: 29
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Economia
RESUMO:

Em abril de 2015 ocorreu o leilão de Energia Nova A-5 no Brasil. Mais de 75% da nova capacidade foram contratados no projeto da Usina Termoelétrica Porto de Sergipe I, a ser construída no município de Santo Amaro das Brotas. O projeto foi apresentado pelo Consórcio GPE Sergipe integrado pelas empresas GenPower, Eletricidade do Brasil e Golar LNG. A previsão de investimento era de R$ 3,2 bilhões. A realização desse empreendimento enseja alguns problemas da maior importância. A pesquisa em curso busca abordar a questão a partir de duas questões centrais: os impactos sobres as comunidades tradicionais em cujos territórios a planta foi instalada e sua existência como parte do processo de desnacionalização e privatização do setor de petróleo e gás no país. O texto que segue se ocupa da definição desses problemas e de estabelecer o referencial teórico, que nos servirá de base para uma análise crítica da questão. As categorias de análise inicialmente consideradas são: acumulação, concentração e centralização do capital. Para chegar a elas partirmos da exposição das contradições da mercadoria feita por Marx no livro I de O Capital. O método proposto como base da pesquisa também deriva desta obra, o materialismo histórico. Compreendido como o esforço de apreensão da essência dos fenômenos, sua estrutura e movimento a partir de suas conexões internas. Para este texto de qualificação os procedimentos metodológicos foram o levantamento dos problemas de pesquisa, reunião de informações e revisão de literatura. Esses continuarão, de acordo com a proposta de sumário da dissertação, e serão complementados pelo trabalho de campo e a elaboração de quadros estatísticos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1862007 - CHRISTIANE SENHORINHA SOARES CAMPOS
Interno - 2411917 - THIAGO FERNANDES FRANCO
Interno - 032.145.968-70 - CESAR RICARDO SIQUEIRA BOLANO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2022 - UFRN v3.5.16 -r18160-36a7f68df5