UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 21 de Janeiro de 2022

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Aceito


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIA ANGELA DOS SANTOS SILVA
18/08/2021 16:55


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA ANGELA DOS SANTOS SILVA
DATA: 27/08/2021
HORA: 08:30
LOCAL: https://meet.google.com/uib-bvun-kot
TÍTULO: EFEITO DOS PREBIÓTICOS ACTIGEN® E VILIGENTM NO DESEMPENHO PRODUTIVO, RENDIMENTO DE CARCAÇA, MORFOMETRIA INTESTINAL E EXPRESSÃO GÊNICA EM FRANGOS DE CORTE
PALAVRAS-CHAVES: Antibióticos; genes; qualidade intestinal; promotores de crescimento.
PÁGINAS: 30
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Nutrição e Alimentação Animal
RESUMO:

Prebióticos são compostos adicionados à dieta animal com o intuito de substituir os antibióticos, visando manter bons resultados de desempenho e melhorar a saúde intestinal. Portando, objetivou-se avaliar os efeitos da adição de prebióticos Actigen® e ViligenTM sobre o desempenho produtivo, rendimento de carcaça, morfometria intestinal e expressão de genes associados ao transporte de nutrientes e a resposta imunitária em frangos de corte. 1400 pintos de corte (Cobb 500) de um dia de idade foram aleatoriamente distribuídos em cinco tratamentos, com oito repetições e 35 aves por unidade experimental. Os tratamentos avaliados foram: T1-Controle positivo (com antibiótico); T2-Controle negativo (sem antibiótico); T3-Controle negativo + ViligenTM (1,0 kg/ton); T4-ViligenTM (1,0 kg/ton) + Actigen® (0,4 kg/ton); e T5-Controle negativo + Actigen® (0,4 kg/ton). O uso de antibiótico na fase inicial (1 a 21 dias) resultou em maior ganho de peso. Os tratamentos ViligenTM e Actigen® apresentaram maior ganho de peso no período de 22 a 42 dias. No período de 1 a 21 dias, a suplementação com antibiótico resultou em maior consumo de ração, não havendo efeito dos tratamentos para as demais fases. A conversão alimentar aos 42 dias foi menor para os tratamentos ViligenTM e Actigen® . Não houve efeito dos tratamentos sobre o rendimento de carcaça (p>0,05), dos cortes e da concentração gordura abdominal (p>0,05). O escore de lesão intestinal causada pela enterite necrótica (EN) não apresentou diferenças (p>0,05) entre os tratamentos. A contagem de oocistos de Clostridium perfringens (C. perfringens) para os tratamentos ViligenTM, Actigen® e ViligenTM + Actigen® declinou à medida que houve um avanço na idade das aves. A utilização dos produtos ViligenTM, Actigen®, de forma isolada ou combinada, promovem benefícios sobre o desempenho produtivo das aves nos períodos de 22 a 42 dias e de 1 a 42 dias.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 005.037.671-31 - CAMILLA MENDONCA SILVA
Presidente - 1699576 - CLAUDSON OLIVEIRA BRITO
Externo ao Programa - 2371937 - VALDIR RIBEIRO JUNIOR

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2022 - UFRN v3.5.16 -r16940-437a7ad548