UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 16 de Junho de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: JANALICE MATIAS DE MELO
06/05/2021 10:31


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JANALICE MATIAS DE MELO
DATA: 13/05/2021
HORA: 14:30
LOCAL: Google Meet
TÍTULO: O SAMBA DE COCO NO CONTEXTO PEDAGÓGICO DA COMUNIDADE QUILOMBOLA DO ATOLEIRO NO MUNICÍPIO DE CAETÉS – PE
PALAVRAS-CHAVES: Samba de Coco; Comunidade Quilombola; Contexto Pedagógico; Identidade; Culturas Populares.
PÁGINAS: 143
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Ensino-Aprendizagem
RESUMO:

Essa dissertação se propõe a estudar o samba de coco da comunidadequilombola de atoleiros do município de Caetés – PE. O coco é uma dança dematrizes africanas que predomina em comunidades quilombolas desde operíodo colonial, esse aspecto constitui parte da história do negro no Brasil,sendo uma importante manifestação popular. Este trabalho parte inicialmentede estudos históricos que tentam explicar a trajetória da construção identitáriado negro, assim como a formação das comunidades quilombolas, e asmanifestações populares como o samba de coco e utilizá-lo como instrumentopedagógico no contexto escolar. O presente estudo objetiva analisar o sambade coco em um contexto pedagógico na comunidade quilombola, buscandocompreender como os elementos que constituem o coco podem contribuir paraa construção da identidade dos sujeitos que residem e fazem parte dessamanifestação popular. A justificativa deste trabalho se pauta na sua importânciapara o campo das Culturas Populares e na valorização das manifestaçõesculturais presentes em comunidades quilombolas, e através disso reconhecer osamba de coco enquanto elemento formador da identidade Quilombola doAtoleiro, em consonância com a escola e com sua capacidade de ser um canalde auxílio para a propagação de estudos das manifestações populares. Apesquisa foi desenvolvida a partir de um estudo de caso de abordagemqualitativa na comunidade Quilombola do Atoleiro, no município de Caetés-PE.Para isso foram realizadas entrevistas com dez membros da comunidade, que,direta ou indiretamente, se relacionam com o samba de coco. As entrevistasocorreram por meio dos processos metodológicos de observação e entrevistassemiestruturadas. A partir deste estudo, compreendemos que essamanifestação popular pode funcionar como um importante instrumento dereconhecimento e fortalecimento da identidade de uma comunidade levandoem conta a importância da instituição escolar para a manutenção dasmanifestações culturais e de seu valor histórico e social.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1699060 - ANA MARIA DE SAO JOSE
Interno - 4205099 - FERNANDO JOSÉ FERREIRA AGUIAR
Externo ao Programa - 1545817 - MARIA BATISTA LIMA
Interno - 1922531 - ROBERTO DOS SANTOS LACERDA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r15368-99f189d34b