UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 05 de Dezembro de 2022

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de DEFESA: ALISSON VIDAL DOS ANJOS
18/02/2021 21:13


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALISSON VIDAL DOS ANJOS
DATA: 26/02/2021
HORA: 09:30
LOCAL: Via Google Meet
TÍTULO: Estudo da pirólise catalítica de polietileno de baixa densidade (PEBD) sobre a zeólita HY contendo óxido de nióbio (Nb2O5)
PALAVRAS-CHAVES: Pirólise, Zeólita HY, Nb2O5, PEBD
PÁGINAS: 152
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Química
SUBÁREA: Tecnologia Química
RESUMO:

Devido ao aumento na produção de resíduos plásticos, no descarte inadequado e no longo período de degradação destes polímeros, o Brasil tem se deparado com sérios impactos ambientais. A fim de evitar uma ampliação do problema, a pirólise catalítica tornou-se um processo bastante atrativo em relação ao tratamento químico destes materiais, promovendo processos que demandem menores gastos energéticos e com maior seletividade em produtos de alto valor agregado. Desta forma, neste trabalho de pesquisa foram desenvolvidos catalisadores heterogêneos microporosos ácidos impregnados com diferentes razões de óxido de nióbio calcinado (10% Nb2O5/HY e 20% Nb2O5/HY), além da zeólita HY e do Nb2O5 calcinado. Os catalisadores obtidos foram caracterizados por difração de raios-X (DRX) e adsorção de nitrogênio à 77 K. Através destas técnicas de caracterização, foi possível determinar as proproedades estrururais e textirais dos catalisadores e assim poder correlacionaar com sua atividade catalitica. As reações de pirólise térmica e catalítica foram realizadas via TG/DTG, em diferentes taxas de aquecimento (5, 10 e 20ºC min-1), utilizando polietileno de baixa densidade (PEBD). Uma análise das curvas de conversão e isoconversão e das energias de ativação aparentes envolvidas foi realizada, e, os dados obtidos correlacionados através dos modelos de cinéticos de isoconversão propostos por Flynn-Wall-Ozawa (FWO) e Vyazovkin (VZK). Através das análises de DRX, a estrutura da zeólita HY mostrou semelhanças com a zeólita padrão de estrurura tipo faujasita. As isortemas de adsorção dos materiais apresentaram um perfil do tipo I, característicos de materiais microporosos. Para a pirólise catalítica, todas as curvas de conversão apresentaram faixas de temperatura mais baixas do que o PEBD puro. A aplicação dos modelos isoconversionais revelou que o modelo FWO obteve um melhor ajuste para a degradação do PEBD, e o comportamento das aparentes em função da conversão para os dois modelos foram semelhantes, mostrando assim uma boa correlação dos modelos. Assim, ao analisar as propriedades da zeólita HY e à interação do Nb2O5 com a zeólita, os resultados apontam que a produção do material compósito formado pela HY e o Nb2O5 pode ser uma boa estratégia para gerar um aumento da atividade catalítica no processo de conversão do PEBD.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1515782 - MARCELO JOSE BARROS DE SOUZA
Interno - 2222671 - PEDRO LEITE DE SANTANA
Externo ao Programa - 2555266 - ANNE MICHELLE GARRIDO PEDROSA DE SOUZA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2022 - UFRN v3.5.16 -r18160-36a7f68df5