UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 04 de Dezembro de 2022

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de DEFESA: ROBSON SANTOS DA CONCEIÇÃO
07/12/2020 09:56


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ROBSON SANTOS DA CONCEIÇÃO
DATA: 09/12/2020
HORA: 14:30
LOCAL: Online
TÍTULO: Políticas de Desenvolvimento Regional: Uma Análise dos Impactos da Política Industrial em Sergipe (1990 a 2017)
PALAVRAS-CHAVES: Desenvolvimento Regional; Políticas Industriais; PSDI; Sergipe
PÁGINAS: 171
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Economia
SUBÁREA: Economia Regional e Urbana
ESPECIALIDADE: Economia Regional
RESUMO:

A presente dissertação analisa os impactos econômicos das políticas industriais implantadas no Estado de Sergipe no período entre 1990 a 2017. Para esse objetivo ser alcançado, foi realizada pesquisa bibliográfica sobre o conceito de desenvolvimento econômico de acordo com as escolas Clássicas, Pós-Clássica, Pós-Keynesianas e Estruturalistas, bem como sobre as políticas de desenvolvimento regional brasileiras, utilizando como referência os modelos de Estados Nacional-Desenvolvimentista, Desenvolvimentista, Neoliberal e Novo-Desenvolvimentista. No que tange à parte empírica, foram levantados dados secundários sobre o PIB, comércio exterior e setor industrial de Sergipe, inclusive sobre o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), a partir de fontes como IBGE, IPEADATA, RAIS/MTE, COMEX/MDIC, SECEX, CODISE e BNB. Adicionalmente, foram examinados os processos que levaram a estruturação do setor industrial em Sergipe, com uma abordagem cronológica da formação industrial de Sergipe do século XVII até 1990. Em 1991, o governo de Sergipe criou o Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI), para fomentar o desenvolvimento industrial. A partir dos anos 2000, a política industrial sergipana entrou em novo paradigma, em que as políticas de desenvolvimento regional ganharam uma nova e maior dimensão espacial no territorio sergipano, com o surgimento dos Planos Estratégicos de políticas industriais sergipanas em 2011, utilizando a estratégia de desenvolvimento local em consonância com elementos de políticas públicas do governo federal, com destaque para a criação e ampliação dos Núcleos, Áreas e Novos Distritos Industriais. Este estudo revelou que o PSDI - , através de incentivos locacional, infraestrutural e fiscal concedidos às empresas, tem efeito positivo no setor industrial sergipano no período entre 1990 a 2017. O programa de apoio industrial aumentou o nível de emprego e investimento, foram gerados 37.584 empregos e investidos mais de R$ 14,2 bilhões nesse período. Desse modo, o PSDI é uma política importante para promover o desenvolvimento regional, uma vez que tem efeitos positivos sobre o crescimento econômico.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2458822 - DENISIA ARAUJO CHAGAS GUERATO
Interno - 1699173 - FERNANDA ESPERIDIAO
Externo à Instituição - RODRIGO ROCHA PEREIRA LIMA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2022 - UFRN v3.5.16 -r18160-36a7f68df5