UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 24 de Junho de 2021


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JÉSSYCA ALVES DA SILVA
30/11/2020 12:26


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JÉSSYCA ALVES DA SILVA
DATA: 09/12/2020
HORA: 09:00
LOCAL: defesa on line
TÍTULO: Obtenção de extratos bioativos a partir de resíduo agroindustrial da polpa de acerola fermentada e não fermentada para a incorporação em coberturas comestíveis
PALAVRAS-CHAVES: acerola, fermentação, resíduo
PÁGINAS: 40
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Ciência e Tecnologia de Alimentos
RESUMO:

A acerola (Malpighia emarginata) é amplamente conhecida por seu teor de vitamina C, contudo, seus benefícios não se limitam a isto. A fruta da aceroleira também é fonte de carotenoides, fenólicos, flavonoides e antocianinas, fitoquímicos que proporcionam uma atividade antioxidante que contribui significativamente para a saúde de consumidores. Os resíduos oriundos do processamento da polpa, compostos por bagaço, casca e sementes, também são fontes potenciais de compostos bioativos. Neste sentido, com o intuito de minimizar os problemas ambientais ocasionados pelo descarte de resíduos orgânicos. Este trabalho tem como objetivo a obtenção de extratos oriundos do resíduo agroindustrial do processamento da polpa de fermentado e não fermentado para posterior incorporação em coberturas comestíveis. O resíduo será processado para a obtenção de uma farinha, a qual será caracterizada quanto aos teores de ácido ascórbico, fibras, carotenoides, umidade, pH, lipídeos, cinzas, proteínas e carboidratos. A seguir será realizada a fermentação com fungo Aspergillus niger e extratos etanólicos serão obtidos para a determinação dos teores de ácido ascórbico, carotenoides, fenólicos totais, flavonoides totais, atividade antioxidante e antimicrobiana. Como controle todas as análises serão realizadas com extratos do resíduo não fermentado. Os extratos com maiores teores de compostos bioativos, serão incorporados em coberturas comestíveis, as quais serão avaliadas in vitro quanto a atividade antioxidante e antimicrobiana.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2505573 - LUCIANA CRISTINA LINS DE AQUINO SANTANA
Interno - 3146747 - MARIA TEREZINHA SANTOS LEITE NETA
Externo ao Programa - 2934651 - PAULA RIBEIRO BUARQUE FEITOSA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r15440-bf36319aa9