UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 25 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: SANDRO MARTINS DE ASSUMPCAO
27/08/2020 17:29


Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SANDRO MARTINS DE ASSUMPCAO
DATA: 31/08/2020
HORA: 09:00
LOCAL: videoconferencia
TÍTULO: Tradução, adaptação transcultural e validação de instrumento de avaliação da consulta farmacêutica
PALAVRAS-CHAVES: farmácia clínica, consulta farmacêutica, adaptação transcultural.
PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

Tradução e Adaptação Transcultural de instrumento de avaliação da consulta farmacêutica, Sandro Martins de Assumpção São Cristóvão, 2020. Introdução: Nas últimas décadas a profissão farmacêutica testemunhou grandes mudanças de prática, passando a atuar no cuidado direto ao paciente promovendo o uso racional de medicamentos. Diante desse cenário, existe a necessidade de avaliar as habilidades desses profissionais em consultas, de modo de que esse serviço clínico seja entregue ao paciente de forma efetiva. Objetivo: realizar a Adaptação Transcultural e validação para a língua portuguesa do instrumento de denominado The Medication-Related Consultation Framework (MRCF). Metodologia: Incialmente foi realizada uma Scoping Review com o objetivo de identificar na literatura os instrumentos de apoio para as consultas farmacêuticas. Neste contexto, dois revisores realizaram o processo de seleção, avaliando os títulos, resumos e artigos na íntegra. Três categorias foram usadas na seleção do título e resumo: 'sim', 'não' e 'talvez'. No que diz respeito a Adaptação Transcultural do instrumento, esse foi traduzido por dois tradutores bilíngues, falantes nativos de português e proficientes em inglês que fizeram de forma independe a tradução para o português das versões originais do instrumento MRCF. Além do exposto, houve a retrotradução para a língua de origem (back translation), síntese das traduções, equivalência semântica das traduções, pré-teste e avaliação das propriedades psicométricas Resultados: Os instrumentos incluídos para avaliar a consulta farmacêutica foram: Development and validation of the Medication-Related Consultation Framework (MRCF); The Patient Care Process (PCP) e o Medicine Use Reviews (MUR). O MCRF utilizou como guia o The Calgary-Cambridge, todavia esse instrumento não foi incluído nesta revisão, visto que tem como objetivo instruir quanto ao processo de comunicação e entrevista médica. A síntese das traduções permitiu ainda a realização de ajustes gramaticais pelos especialistas a fim de respeitar as regras linguísticas e evitar viés na interpretação de itens cujas traduções apresentaram construções divergentes. Conclusão: Torna-se evidente que o uso desses instrumentos, como uma estratégia de padronização de condutas permite uma melhor avaliação do profissional farmacêutico, podendo contribuir assim na melhoria dos serviços prestados ao paciente, bem como ter papel de destaque em sua formação


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CARLOS ADRIANO SANTOS SOUZA
Presidente - 1334092 - FRANCILENE AMARAL DA SILVA
Interno - 2337777 - ROGERIA DE SOUZA NUNES
Externo à Instituição - WALLERI CHRISTINE TORELLI REIS
Interno - 1694328 - WELLINGTON BARROS DA SILVA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5