UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 25 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: KATHIUSCIA SANTOS DE BRITO
16/08/2020 12:33


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: KATHIUSCIA SANTOS DE BRITO
DATA: 20/08/2020
HORA: 10:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO: NAS TRILHAS DO ROMANCE: UMA LEITURA LITERÁRIA DO ROMANCE DONZELA GUERREIRA
PALAVRAS-CHAVES: .Romances. Literatura oral popular. Formação de leitores.
PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
SUBÁREA: Literatura Brasileira
RESUMO:

Este trabalho pretende apresentar uma proposta de leitura literária a partir do romance Donzela Guerreira, selecionado do livro de Jackson da Silva Lima, O folclore em Sergipe (1977). Os romances são narrativas orais cantadas em versos e constituem-se enquanto gênero oral popular. A escolha do gênero justifica-se diante do número reduzido de propostas de leitura voltadas para os textos da tradição oral popular, no que se refere ao ensino literatura. Assim, dentre os inúmeros romances da tradição oral, foi selecionado o romance Donzela Guerreira. O estudo sobre o romance é feito a partir das pesquisas realizadas por Alvanita Santos (2005), em sua tese intitulada, Canto das mulheres- entre bailar e trabalhar: relações de gênero em narrativas orais (romances), juntamente com o trabalho de dissertação sobre os romances no contexto sergipano, de Antônio Marcos Trindade, intitulada O lamento das Severinas: relações de gênero no romanceiro sergipano. A proposta de leitura literária foi feita a partir das reflexões teóricas abordadas por Rouxel e Rezende (2013) sobre leitura subjetiva, formação do leitor sensível e experiência estética. A pesquisa foi realizada em uma escola da Rede Estadual de Sergipe com estudantes do 9 º ano do ensino Fundamental II. Ao compreender os romances enquanto textos da literatura oral popular pertencentes ao universo feminino, observou-se a possibilidade de propor uma leitura literária a partir de uma perspectiva das relações de gênero presentes entre o romance Donzela Guerreira, juntamente com o conto: “Entre a espada e a rosa”, de Marina Colasanti. A presente pesquisa apresenta como proposta de trabalho a realização de oficinas de leitura literária visando, dentre outros objetivos, a possibilitar o (re) conhecimento da literatura oral popular, familiarizar os alunos com a leitura literária dos romances, a fim de proporcionar o desenvolvimento de experiências estéticas singulares aos alunos, seguindo os pressupostos apresentados por Rouxel (2013). A pesquisa apresenta o Caderno de Leitura: Donzela Guerreira: em busca da tradição oral sergipana como um material didático que busca promover aos professores e alunos um (re) conhecimento de um gênero da tradição oral popular, de modo a garantir a inclusão da oralidade no ensino de literatura e contribuir para a formação de leitores.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1687732 - JEANE DE CASSIA NASCIMENTO SANTOS
Interno - 1543268 - CHRISTINA BIELINSKI RAMALHO
Externo ao Programa - 6983610 - ADRIANA SACRAMENTO DE OLIVEIRA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16104-201f40f5e2