UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 23 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: THIAGO VALENÇA SILVA
05/08/2020 18:47


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THIAGO VALENÇA SILVA
DATA: 28/08/2020
HORA: 10:00
LOCAL: videoconferência no LINK meet.jit.si/defesaprocc.thiago
TÍTULO: ANÁLISE DO DESEMPENHO DE BLOCKCHAIN NO GERENCIAMENTO DE TRANSAÇÕES EM MICROGRIDS DE ENERGIAS RENOVÁVEIS
PALAVRAS-CHAVES: MicroGrid. Energia Renovável. Blockchain. Ethereum. Smart Contracts
PÁGINAS: 85
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
SUBÁREA: Sistemas de Computação
ESPECIALIDADE: Arquitetura de Sistemas de Computação
RESUMO:

Desde a criação do Bitcoin por Satoshi Nakamoto em 2009 tem-se proposto a adoção darede que gerencia suas transações, o Blockchain, para substituição de uma terceira parte deconfiança em diversos sistemas por, entre outros benefícios, reduzir os custos que a inclusão damesma acarreta, como por exemplo o sistema bancário no caso do próprio bitcoin. Apesar de asubstituição de um sistema de confiança transparecer uma diminuição nas taxas para o usuáriofinal, isso deve ser estudado mais a fundo para verificar se realmente existem ganhos com essasubstituição. Este trabalho realiza um estudo experimental, analisando o comportamento de umarede de gerenciamento de energia que se utiliza de blockchain para a validação de transações.O experimento é executado realizando o monitoramento de dois ambientes em que usuáriossolicitam transações dentro do sistema de gerenciamento desenvolvido. Em cada ambiente sãoalterados o número de contas que solicitam de forma simultânea essas transações enquantoum script acompanha os valores das temperaturas de CPU e GPU, utilização de CPU e GPU eutilização de memória. O primeiro ambiente citado se utiliza de NodeJS para o gerenciamento evalida as transações realizando verificações usuais como a validação de login a partir do cache,o segundo ambiente utiliza NodeJS, assim como o primeiro, para o gerenciamento e validaas transações a partir de smart contracts em uma rede Ethereum. Ao final, o estudo verificaque existe uma maior utilização dos recursos por parte do ambiente que gerencia as transaçõescom blockchain quando comparando ao primeiro ambiente. O trabalho conclui também que orecurso que é mais solicitado pela execução em blockchain é a memória RAM que apresentaaltos índices de utilização no segundo ambiente de simulação. Por fim, é verificado que apesar deo blockchain reforçar a segurança dispensando os custos de um intermediário, ele acrescentacustos de hardware para o gerenciamento do mesmo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1692341 - EDWARD DAVID MORENO ORDONEZ
Interno - 1287477 - RICARDO JOSE PAIVA DE BRITTO SALGUEIRO
Externo à Instituição - FABIO DACENCIO PEREIRA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5