UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 20 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: CLEONES GOMES DOS SANTOS
27/07/2020 20:00


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CLEONES GOMES DOS SANTOS
DATA: 30/07/2020
HORA: 15:00
LOCAL: WebConferência
TÍTULO: Pode a morte ensinar História? Uso de Lego para entender cidadania nos Cemitérios Santa Isabel e Cruz Vermelha (Aracaju-SE)
PALAVRAS-CHAVES: Cemitérios; Patrimônio Cultural; Memória; Ensino de História; Gameficação
PÁGINAS: 43
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: História
SUBÁREA: História do Brasil
ESPECIALIDADE: História Regional do Brasil
RESUMO:

O trabalho contém as reflexões iniciais de uma pesquisa em andamento no Mestrado Profissional em Ensino de História da Universidade Federal de Sergipe (ProfHistória/UFS), alinhado à linha de pesquisa “Saberes históricos em diferentes espaços de memória”. Os estudos abordam o espaço dos cemitérios Cruz Vermelha e Santa Isabel, para a elaboração, por serem ambos os cemitérios destinados aos enterramentos socioeconômicos com distintas hierarquizações em Aracaju, SE. Enquanto o cemitério Cruz Vermelha atende aos desvalidos da cidade, o cemitério Santa Isabel permanece restrito à elite local. Desse modo, a ideia do “bem morrer como legado” e arquitetura mortuária como obra de arte contrasta com a ideia de “esquecimento” na simplicidade do conjunto de gavetas e túmulos sem adornos. Como objetivo geral se pretende utilizar blocos de Lego na construção de uma perspectiva diferencial no processo didático da morte como fonte histórica direcionado aos alunos da Educação de Jovens e Adultos para o Ensino Médio (EJAEM). São objetivos específicos desse trabalho compreendem: 1. elaborar um instrumento pedagógico que auxilie no ensino aprendizagem do aluno e na prática docente de ensino de História. 2. Estimular a produção de reflexões sobre a importância da memória na vida cotidiana, aliada a construção coletiva da cidadania; 3. Relacionar a historicidade dos cemitérios de Aracaju-SE como “diferentes espaços de saber e memória identitária” para aulas públicas. Os procedimentos metodológicos seguem uma vertente qualitativa de pesquisação a partir do levantamento de fontes textuais e imagéticas, além do mapeamento dos sítios. A elaboração do processo parte da concepção do uso dos blocos de Lego como jogo educacional na construção dos espaços de enterramento, com desafios e cartas de informação histórica que dialoguem com a história local, as práticas cemiteriais e os conceitos de cidadania no tempo e no espaço.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1687926 - JANAINA CARDOSO DE MELLO
Interno - 2707438 - ANDREZA SANTOS CRUZ MAYNARD
Externo ao Programa - 2579327 - OLIVIA ALEXANDRE DE CARVALHO
Externo à Instituição - DULCELI DE LOURDES TONET ESTACHESKI

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16088-62c448d53e