UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 02 de Dezembro de 2022

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Informe sobre decisão do DED sobre a não adesão ao Edital 12/2020/PROGRAD
05/06/2020 18:14


Prezados alunoas do curso de pedagogia

 

para efeito de conhecimento, parte fundamental da nossa posição acerca do edital n 12/2020/PROGRAD, segue abaixo copia do memorando que justifica a não adesão em oferecer disciplinas para o período especial de 2019.4

 

Atenciosamente

 

Corpo docente do departamento de educação

 

Profª. Dra. Suzana Mary de Andrade Nunes
Chefe do Departamento de Educação
Profª. MCs. Margarida Maria Teles
Sub-chefe do Departamento de Educação

 

memorando n 44/2020

 

Sr. Pró-Reitor de Graduação (PROGRAD)

C/c para Direção do CECH

 

Ref.: Edital Nº 12/2020/PROGRAD – Apresentação de Justificativa de não adesão ao Edital

 

O Conselho Departamental de Educação reuniu-se em 03 de junho de 2020, para deliberar em resposta ao objeto do Edital nº 12/2020/PROGRAD. Nas discussões empreendidas, apontou-se pela inviabilidade de resposta ao referido Edital, considerando alguns aspectos que elencamos, a seguir:

 

O primeiro aspecto apontado pelo Conselho Departamental refere-se ao tempo insuficiente disponibilizado para elaboração de uma proposta de ofertas de componentes curriculares em período especial, respeitando o princípio de isonomia do corpo docente do Departamento de Educação de São Cristóvão e a necessária reflexão e replanejamento dos mesmos, que, comumente, são ofertados na modalidade presencial.

 

Destacamos que a qualidade das aulas virtuais implica em segurança, instrumentalização, capacitação e apoio ao docente. Precisamos de garantias de condições que ultrapassem as barreiras da pandemia e de um espaço na UFS que seja organizado para realização das aulas, com as devidas proteções orientadas pela OMS e técnicos de informática disponíveis para auxiliar o professor no momento de gravação de sua aula virtual, seja ela transmitida em tempo real ou não. Além do mais, não é possível realizar essas aulas como se fossem aulas presenciais. É preciso construir um plano de formação online com outros tipos de atividades, que explorem recursos e linguagens midiáticas, mediante proposta de redefinição pedagógica nos moldes de uma aula on-line com garantias de qualidade técnica e didático-pedagógica que visem assegurar saberes aos discentes.

 

Um segundo aspecto apontado, refere-se às condições de acesso à internet a todos os alunos, pois apesar de não se constituir em atividades obrigatórias, os que a ela não tiverem acesso pela limitação material, certamente serão desfavorecidos em relação aos que dispuserem de acesso, bem como dispositivos que lhes possibilitem acessar as disciplinas online. Em caso de que não seja garantido o acesso, na intenção de possibilitar atividades no período da pandemia que mobilize alunos e professores para a aprendizagem, corremos o risco de ampliar e legitimar as diferenças sociais, ao invés de contribuirmos para a diminuição das desigualdades. Nesse sentido, nossa discussão orientou-se pelas questões: quais deles ficarão de fora? Os mais vulneráveis economicamente? Aqueles que não têm computador ou wi-fi seguro e de banda larga?

 

Um terceiro aspecto que apontamos, refere-se ao acesso de estudantes que possuem deficiências físicas. Discutiu-se que esses alunos, além de também estarem sujeitos às dificuldades de acesso, sofrem o agravante de não poderem acessar as disciplinas ofertadas em virtude de suas limitações físicas, o que reforça a exclusão ao invés de possibilitar o acesse universal à educação defendida nessa instituição.

 

Um último aspecto apontado consiste no indicativo de que a proposição objeto do Edital nº 12/2020/PROGRAD, necessita ser socializada com outros segmentos da Universidade, principalmente os maiores interessados, através de uma discussão que, coletivamente, nos indique uma proposta que atenda aos alunos, considerando a diversidade de condições que eles vivenciam. Uma proposta que seja discutida com os diferentes segmentos envolvidos, possivelmente nos possibilitará alternativas mais condizentes com as necessidades de todos e, sobretudo, a manutenção do acesso democrático aos princípios da universidade pública em nosso País.

 

Portanto, o Departamento de Educação, em resposta ao Edital nº 12/2020/PROGRAD, pelo exposto, manifesta que não ofertará componentes curriculares no período especial 2019.4, dada as observações supracitadas.

 

São Cristóvão, 03 de junho de 2020.

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2022 - UFRN v3.5.16 -r18160-36a7f68df5