UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 13 de Junho de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: JESSICA MOURA DE OLIVEIRA
18/04/2020 12:39


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JESSICA MOURA DE OLIVEIRA
DATA: 29/04/2020
HORA: 14:30
LOCAL: https://conferenciaweb.mp.br/weconf
TÍTULO: Obtenção de Microcápsulas do extrato de erva cidreira (Melissa officinalis L.), pelo processo de gelificação iônica: caracterização dos compostos bioativos e capacidade antioxidante
PALAVRAS-CHAVES: Melissa Officinalis L;Gelificação ionica;bioativos;microcapsulas
PÁGINAS: 124
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Ciência e Tecnologia de Alimentos
SUBÁREA: Tecnologia de Alimentos
ESPECIALIDADE: Tecnologia de Produtos de Origem Vegetal
RESUMO:

Na diversidade da flora brasileira, a espécie vegetal erva cidreira, Melissa officinalis L., é uma das espécies mais importantes da família Lamiaceae. A utilização de extratos vegetais, tem tido escopo emergente pela comunidade científica, devido a sua composição química enriquecida pela presença de compostos bioativos de origem natural. O consumo de produtos naturais ricos em antioxidantes tem tido grande interesse pela população, por estar associados a vários benefícios à saúde, e redução dos riscos de desenvolvimento de doenças crônicas. O grande interesse em compostos bioativos, impulsiona o desenvolvimento de inovadoras pesquisas e tecnologias, que identifiquem as propriedades e aplicações dessas substâncias, que ao serem consumidos por via oral, tem os seus ingredientes bioativos submetidos ao rápido metabolismo gastrointestinal, sofrendo transformação na sua estrutura química e mudanças em sua bioatividade. A fim de garantir os seus benefícios para a saúde, é imprescindível assegurar a estabilidade no trato gastrointestinal e permitir uma liberação controlada. A proteção dos ingredientes bioativos na forma de revestimento e encapsulamento se faz necessária, para aumentar a estabilidade e oferecer liberação controlada, além de melhorar a biodisponibilidade desses compostos. Como também, são necessários estudos detalhados para caracterizar os constituintes existentes nos extratos vegetais. Objetivou-se obter microcápsulas do extrato de erva cidreira, Melissa officinalis L., pelo processo de gelificação iônica, avaliando as mudanças físico-químicas e os efeitos na preservação dos compostos bioativos. O presente estudo avaliou a composição química de uma das ervas mais consumidas entre a população, a Melissa officinalis L, erva cidreira, realizando análises físico químicas, carotenoide e clorofila, análises de compostos fenólicos totais, flavonóides totais, antioxidantes, FTIR e compostos voláteis, definindo assim o extrato obtido da amostra vegetal in natura em infusão à 80°C, como melhor forma de extração dos compostos bioativos para submissão do processo de microencapsulação. Foi elaborado como produto final, uma infusão de erva cidreira contendo as microcápsulas e após as análises realizadas, obteve-se satisfatórios valores para as variáveis de resposta dos compostos fenólicos totais, flavonóides totais, antioxidantes e compostos voláteis, sendo indicada a utilização da erva cidreira em sua forma in natura através de infusão à 80°C para melhor aproveitamento dos compostos bioativos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2481282 - ALESSANDRA ALMEIDA CASTRO PAGANI
Interno - 3146747 - MARIA TEREZINHA SANTOS LEITE NETA
Externo à Instituição - HUGO JOSE XAVIER SANTOS

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r15368-99f189d34b