UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 23 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: FÁBIO PIRES DE AMORIM
27/02/2020 15:11


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FÁBIO PIRES DE AMORIM
DATA: 26/03/2020
HORA: 15:30
LOCAL: SALA DO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS
TÍTULO: PRODUÇÃO VIRTUAL DE PARÓDIAS: O USO DA SEQUÊNCIA DIDÁTICA DIGITAL COMO OBJETO DE APRENDIZAGEM
PALAVRAS-CHAVES: Sequência Didática Digital; Multiletramentos; Gêneros Textuais; Paródia de Conto; Letramento Digital.
PÁGINAS: 112
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
SUBÁREA: Língua Portuguesa
RESUMO:

O presente projeto traça o percurso de uma pesquisa que visa à potencialização da produção digital de paródias de contos clássicos selecionados, por meio do Objeto de Aprendizagem: Sequência Didática Digital, no universo das sequências didáticas no trabalho com gêneros textuais, juntamente com uma gama de recursos digitais de apoio para a produção digital das paródias, utilizando “smartphones”. Desse modo, tendo como base os multiletramentos, o letramento digital e a pesquisa-ação, pretendeu-se detectar até que ponto os mecanismos multimodais atrelados às tecnologias digitais podem contribuir de maneira dinâmica no desenvolvimento da produção dessas paródias. A utilização desse objeto de aprendizagem se demonstra relevante no contexto dos “Nativos Digitais”, no qual os estudantes da atualidade estão inseridos, conceito amplamente discutido nesse trabalho. Para realização dessa investigação com abordagem qualitativa, do tipo pesquisa-ação, foi escolhido como alvo dessa intervenção pedagógica uma turma de 7º ano do Ensino Fundamental da rede municipal de Boquim – SE. O suporte bibliográfico dessa investigação teve como principais teóricos: Bakhtin (1997), Sant’anna (2003), Freitas (2010), Braga (2012), Passarelli (2012), Rojo (2012), e também Gomes e Vianna (2016). Assim sendo, após um acurado estudo das abordagens desses autores, pretende-se enriquecer os conceitos que orientam essa pesquisa no que tange ao estudo dos multiletramentos e letramento digital nos conceitos defendidos por Roxane Rojo, como também dos gêneros textuais, especialmente na visão bakhtiniana, segundo a qual, os gêneros assumem uma função social. Assim sendo, com os avanços tecnológicos e o crescimento do uso de dispositivos digitais na sociedade, entende-se oportuno uma proposta pedagógica que trabalhe a produção textual de uma forma diferente do convencional e mais próxima do universo digital no qual os alunos estão envolvidos utilizando essa Sequência Didática Digital (SDD), proporcionando um processo dinâmico que potencialize o ensino de Língua Portuguesa na turma em questão. Obviamente, não se pretende esgotar com esse trabalho as abordagens no campo de estudo proposto, mas sim ampliar o debate a respeito do uso dos multiletramentos, com foco nas tecnologias digitais no ensino de Língua Portuguesa.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2883246 - DENSON ANDRE PEREIRA DA SILVA
Interno - 95283 - CARLOS MAGNO SANTOS GOMES
Externo ao Programa - 3134383 - CARLOS ALBERTO DE VASCONCELOS

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16100-6196392814