UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 20 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: GRAYCEANE BOMFIM SANTOS DE JESUS
12/02/2020 16:20


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GRAYCEANE BOMFIM SANTOS DE JESUS
DATA: 28/02/2020
HORA: 10:30
LOCAL: Sala 47 do Bloco Departamental do CCSA2- Sala 47- PROPADM
TÍTULO: METODOLOGIA PARA IMPLANTAÇÃO E GERENCIAMENTO DE PROJETOS APLICÁVEIS ÀS TECNOLOGIAS SOCIAIS: UMA PROPOSTA COM BASE NO PMD Pro
PALAVRAS-CHAVES: Ciclo de Vida; Gestão de Projetos; PMD Pro; Tecnologia Social.
PÁGINAS: 180
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO:

A Tecnologia Social (TS) vem sendo considerada como uma tecnologia que não éimposta e que está voltada para gerar soluções para uma determinada problemática, emconjunto com os beneficiários. Essa tecnologia pode ser compreendida como umproduto, técnica ou metodologia que possuem características específicas na suaessência, razão pela qual se torna inadequada a sua construção a partir de metodologiastradicionais de Projetos. O presente estudo tem como objetivo analisar a implementaçãoe gerenciamento dos Projetos de Tecnologia Social das Universidades Públicas.Especificamente, trata-se de identificar se os projetos desenvolvidos nas UniversidadesPúblicas possuem as características atreladas a uma TS e verificar quais as ações eferramentas foram utilizadas em sua implementação, possibilitando a estruturação deuma metodologia que auxilie na implementação de Projetos de Tecnologia Social. Oaporte teórico sobre Tecnologias Sociais fundamentou-se nas suas conceituações,princípios, parâmetros e dimensões, respaldando a validação dos projetos como umaTS. Já o Gerenciamento de Projetos, a partir do guia PMD Pro, possibilitou odesenvolvimento de uma metodologia orientada por uma base teórica comcaracterísticas similares a Tecnologia Social. Quanto aos procedimentos metodológicos,a pesquisa é de natureza qualitativa e caracterizada como exploratória e descritiva. Aestratégia utilizada foi o método de estudo de múltiplos casos, sendo considerada comounidades de análise as Tecnologias Sociais desenvolvidas pelas Universidades Públicasdo Brasil que estão cadastradas no Banco de Tecnologias Sociais (BTS) da FundaçãoBanco do Brasil (FBB). Para tanto, os dados foram coletados por meio de documentos eentrevista semiestruturada com os gestores e/ou integrantes dos projetos. A análise deconteúdo foi utilizada para o tratamento dos dados. Ademais, foi utilizada a pesquisabibliográfica como complementação de dados para a proposição da metodologia. Osresultados apontam que as Tecnologias Sociais desenvolvidas em ambientesuniversitários fazem parte ou estão ligadas à Extensão Universitária e que foramdesenvolvidas como projetos em suas respectivas áreas de pesquisa sem considerarcomo critério as características de uma TS; ainda assim, os indicadores quecaracterizam um projeto como TS foram expressivamente encontrados em cinco dosseis projetos analisados. Já quanto ao gerenciamento das Tecnologias Sociais foiidentificado uma deficiência por parte da equipe na utilização de ações e ferramentas de
gestão, corroborando os achados da literatura. Por fim, os achados dos casosfortaleceram o pressuposto teórico da dificuldade de definir e conhecer uma TS, além deapontar a falta de um gerenciamento de projetos de TS, sendo portanto apresentada umametodologia simplificada e abrangente, como colaboração para os diversos atoressociais e institucionais que almejem desenvolver Projetos de Tecnologia Social deforma prática.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2581604 - CRISTINA FERRAZ SILVA
Presidente - 1224228 - MARIA CONCEICAO MELO SILVA LUFT
Interno - 277760 - MONICA CRISTINA ROVARIS MACHADO
Externo ao Programa - 1638052 - PAULO MARIO MACHADO ARAUJO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12646-2c874e3307