UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 17 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: TAMIRIS APARECIDA DE CARVALHO SANTOS
06/02/2020 09:09


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TAMIRIS APARECIDA DE CARVALHO SANTOS
DATA: 17/02/2020
HORA: 09:00
LOCAL: SALA 1 - PPGAGRI
TÍTULO: ATIVIDADE ANTIPROTOZOÁRIA E EFEITOS DO DERIVADO DA CHALCONA, (E)-1-fenil-3-α naftilprop-2-en-1-ona (NaF), SOBRE A MORFOLOGIA E FISIOLOGIA DE Phytomonas serpens
PALAVRAS-CHAVES: Tripanossomatídeos; estresse oxidativo; antiproliferativa; naftaleno; flagelo; fitomonas
PÁGINAS: 55
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

O protozoário Phytomonas serpens pertence à família Trypanosomatidae e ao gênero Phytomonas. Este fitoparasita apresenta relação de parasitismo com Solanum lycopersicum (L). (tomate), e tem sido usado como um modelo biológico para bioensaios com tripanossomatídeos. Dentre os compostos bioativos estudados pode-se citar a molécula chalcona e seus derivados. A chalcona é uma molécula de ocorrência natural produzida no metabolismo secundário de plantas e precursora dos flavonóides, os quais desempenham importantes funções no desenvolvimento vegetal. Além da chalcona de ocorrência natural a obtenção de chalconas sintéticas é possível a partir da reação de Claisen-Schmidt. No processo de síntese da chalcona podem ser feitas diferentes modificações, aos quais dão origem aos chamados derivados da chalcona, estes possuem a estrutura fundamenal da chalcona e substituição de grupos químicos aos anéis aromáticos. As modificações representam alta importância, pois afetam diretamente o espectro de atividade biológica destas moléculas. Dentre as atividades já reportadas por essas moléculas estão ações antimicrobiana, antifúngica, antitumoral e antiprotozoária. A atividade antimicrobiana de moléculas contendo naftaleno é bem relatada na literatura científica e o derivado (E)-1-fenil-3-α naftilprop-2-en-1-ona (NaF) apresenta substituição do anel benzênico B por um anel naftalênico. O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade antiprotozóaria e o efeito do derivado de chalcona (NaF) sobre a morfologia e fisiologia de formas promastigotas de P. serpens. O isolado de P. serpens utilizado foi doado da coleção de tripanossomatídeos da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). As promastigotas foram mantidas em meio Schneider suplementado com soro fetal bovino a 10% e antibiótico streptomicina 1% e incubados em B.O.D. à 24 ±1ºC. O derivado NaF foi sintetizado e caracterizado no Departamento de Química da Universidade Federal de Sergipe. A atividade antiprotozoária do derivado NaF foi avaliada através dos bioensaios de proliferação celular e efeito citostático. Os efeitos fisiológicos avaliados foram integridade da membrana plasmática, e as determinações dos níveis de ROS e despolarização do potencial de membrana mitocondrial (∆ѱm) por espectofotometria e citometria de fluxo, enquanto que os morfológicos por microscopia eletrônica de varredura e transmissão. Os resultados demonstraram que o tratamento com o derivado NaF promove redução da proliferação celular de P.serpens (IC50 21,52 µM), além de afetar processos fisiológicos importantes, como o balanço oxidativo e o potencial de membrana mitocondrial. As concentrações de 48 e 96 µM promoveram efeito citostático permanente, uma vez que, as promastigotas expostas a estas concentrações apresentaram crescimento reduzido. A concentração de 24 µM promove ruptura da bolsa flagelar e perda de flagelo nas formas promastigotas, além de formação de estruturas membranares concêntricas no interior da mitocôndria do parasita. Conclui-se que o derivado NaF é eficiente em reduzir a proliferação celular de P. serpens, o emprego das concentrações deste derivado é capaz de promover desordens em processos fisiológicos vitais, tais como balanço oxidativo, com alto efeito citostático, além de causar a perda de flagelo e mortalidade celular por mecanismo de autofagia.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2208516 - ROBERTA PEREIRA MIRANDA FERNANDES
Externo ao Programa - 426467 - PERICLES BARRETO ALVES
Externo à Instituição - RUBEM FIGUEIREDO SADOK MENNA-BARRETO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16088-62c448d53e