UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 29 de Novembro de 2022

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de DEFESA: BRUNO RAFAEL DOS SANTOS SILVA
30/01/2020 09:47


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BRUNO RAFAEL DOS SANTOS SILVA
DATA: 31/01/2020
HORA: 11:00
LOCAL: Sala de Seminários do PEQ
TÍTULO: SECAGEM DE BAGAÇO DE LARANJA EM LEITO FLUIDIZADO ASSISTIDO PELO USO DE SÓLIDOS INERTES
PALAVRAS-CHAVES: biomassa, misturas binárias, cinética de secagem, análise energética
PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Química
SUBÁREA: Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química
ESPECIALIDADE: Operações de Separação e Mistura
RESUMO:

A palavra sustentabilidade ganha cada vez mais força no cenário atual, sendo que as perspectivas são de que as tradicionais fontes não renováveis de energia venham a se tornar escassas. Além disso, o crescimento tecnológico demanda um suprimento energético cada vez mais eficiente e a questão ambiental vem sendo tema de vários debates. Neste cenário, as fontes alternativas de energia vêm ganhando cada vez mais destaque, uma vez que são capazes de substituir as fontes tradicionais com eficiências similares e solucionar os problemas ambientais relacionados ao efeito estufa simultaneamente. Dentre as fontes de energia alternativa encontra-se a biomassa, tendo os resíduos agroindustriais como ótima alternativa para suprimento energético, sendo que no Brasil estes resíduos oferecem muitas oportunidades de reaproveitamento, visto que são gerados em grandes quantidades. O bagaço de laranja aparece como destaque, já que o Brasil é um dos grandes produtores mundiais da fruta. Porém, qualquer biomassa precisa passar por um processo de conversão térmica para gerar bioenergia, e o alto teor de umidade acaba sendo um empecilho. Desta forma, um processo de secagem torna-se primordial como uma etapa preparatória para o processo de conversão da biomassa em energia, havendo várias tecnologias que podem ser utilizadas para tal, como a de leito fluidizado. Neste cenário, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a cinética de secagem de misturas binárias compostas por bagaço de laranja e partículas inertes (areia) em leito fluidizado convencional e fazer uma avaliação energética do processo a fim de avaliar a sua viabilidade. Os testes de secagem ocorreram em diferentes condições de temperatura (33, 40, 50, 60 e 67 ºC), diferentes razões Q/Qmf (1,03; 1,1; 1,2; 1,3 e 1,37) e diferentes frações mássicas de biomassa (1,5; 5; 10; 15 e 18,5%), seguindo um planejamento composto central, visando avaliar a influência destas variáveis no tempo de secagem, sendo aplicado um modelo difusivo aos dados experimentais. Uma análise energética foi realizada com base em valores de consumo de energia específica (CEE), eficiência do secador e no saldo energético obtido do processo. Os tempos de secagem variaram de 17 a 53 minutos, o secador teve eficiências entre 4 e 32% e CEE médio de 1,9x105 kJ/kg, com saldo energético negativo para as condições analisadas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1452214 - MANOEL MARCELO DO PRADO
Interno - 2178474 - ROBERTO RODRIGUES DE SOUZA
Externo ao Programa - 1708289 - LUANDA GIMENO MARQUES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2022 - UFRN v3.5.16 -r18154-6e174eae4e