UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 21 de Junho de 2021


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: KELLY ISADORA DE OLIVEIRA CORREIA
24/01/2020 15:47


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: KELLY ISADORA DE OLIVEIRA CORREIA
DATA: 17/02/2020
HORA: 08:30
LOCAL: Sala Multiuso do PPEC no DBI/UFS
TÍTULO: Releitura dos atributos funcionais dos primatas sob uma perspectiva evolutiva e espacial
PALAVRAS-CHAVES: conservação; diversidade funcional; ecologia evolutiva; evolução correlacionada; métodos comparativos filogenéticos
PÁGINAS: 70
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Ecologia
SUBÁREA: Ecologia de Ecossistemas
RESUMO:

A macroecologia coloca a biodiversidade num contexto de larga escala e procura analisar as relações entre as espécies num contexto evolutivo. Em ecologia evolutiva, existem correlações clássicas descritas para atributos de primatas que, para muitos traços, não são esclarecidas do ponto de vista filogenético e têm sofrido bastante revés na literatura. Estudar os padrões geográficos da diversidade funcional de primatas ao longo do globo sob um contexto filogenético, bem como as relações com preditores ambientais, pode elucidar sobre os mecanismos subjacentes da função e da diversidade dos ecossistemas. Além disso, para a delimitação de áreas para a conservação da biodiversidade faz-se necessário abranger todas as suas dimensões - taxonômica, filogenética e funcional. A partir de um banco de dados composto por características funcionais que descrevem a morfologia, ecologia, comportamento e história de vida das espécies da Ordem Primatas e utilizando métodos comparativos filogenéticos, avaliaremos a evolução correlacionada de relações entre atributos previamente descritas na literatura, procurando desvenda suas possíveis vias causais. Utilizaremos algoritmos de imputação de dados faltantes para um banco de dados completo. Em um segundo momento, utilizaremos os atributos para testar métricas de diversidade funcional, corrigidos os efeitos da filogenia, aplicando-as para todo o conjunto de atributos, bem como para atributos particionados por classes de funções. Os valores de diversidade funcional serão dispostos no espaço geográfico e também avaliados em relação aos gradientes ambientais. Finalmente, aplicaremos os resultados acumulados quanto à evolução e funcionalidade dos atributos junto a métricas de paisagem, para traçar possíveis vias de conservação das espécies de primatas. Neste trabalho, investigaremos a evolução, ecologia e conservação dos atributos de primatas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2019114 - SIDNEY FEITOSA GOUVEIA
Interno - 1153037 - STEPHEN FRANCIS FERRARI
Externo à Instituição - TALITA FERREIRA AMADO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r15440-bf36319aa9