UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 24 de Junho de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: JAILTON JORGE MARQUES DO SACRAMENTO
24/01/2020 15:44


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JAILTON JORGE MARQUES DO SACRAMENTO
DATA: 06/02/2020
HORA: 08:00
LOCAL: Sala Multiuso do PPEC no DBI/UFS
TÍTULO: Além da defesa: soldados aumentam a eficiência de exploração de recursos pelo cupim Nasutitermes corniger
PALAVRAS-CHAVES: comunicação, forrageio, proporção de soldados, seleção de recursos
PÁGINAS: 40
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Ecologia
SUBÁREA: Ecologia de Ecossistemas
RESUMO:

Animais bem informados podem prevenir riscos e minimizar os custos e tempo envolvidos durante o forrageio. Nos organismos eussociais, a performance da colônia é otimizada pela divisão de trabalho entre as castas (ex. operários e soldados). Nos cupins, houve um evidente aumento na proporção de soldados nas colônias durante a evolução dos hábitos de forrageio/nidificação. Apesar das evidentes especializações dos soldados para a defesa, estes são dependentes dos operários para alimentação e apresentam alto custo de produção para a colônia. Nesse trabalho, analisamos o efeito da presença de soldados nas decisões de forrageio do cupim Nasutitermes corniger. Bioensaios manipulativos foram conduzidos em laboratório para avaliar se os soldados: i) aumentam a atividade e intensidade de busca por fontes alimentares simultaneamente; ii) são mais eficientes no recrutamento de indivíduos do que operários previamente informados; e se (iii) promovem mais rápido e eficiente trade-off entre exploração e busca por recursos alimentares. Nossos resultados mostram que grupos com soldados não alteram seu padrão de caminhamento quando comparado a grupos sem soldados, porém realizam uma mais rápida exploração do ambiente. A quantidade de recursos foi determinante na intensidade de recrutamento, independentemente do acesso prévio dos indivíduos (soldados ou operários) à informação. O aumento da proporção de soldados também permitiu uma maior percepção das alterações da disponibilidade de recursos e redirecionamento dos indivíduos para explorarem fontes mais favoráveis. Assim, o aumento da proporção de soldados em colônias de N. corniger parece ser explicado não apenas por sua capacidade defensiva, como também pela sua eficiência na busca e exploração de recursos alimentares, o que pode contribuir para a diminuição dos custos na produção desta casta.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1861452 - ANA PAULA ALBANO ARAUJO
Externo à Instituição - DANIELA FARIA FLORENCIO
Externo à Instituição - PAULO FELLIPE CRISTALDO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r15440-bf36319aa9