UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 26 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: SINEIDE SOUZA MAIA LINHARES
23/01/2020 16:43


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SINEIDE SOUZA MAIA LINHARES
DATA: 21/02/2020
HORA: 14:00
LOCAL: A definir
TÍTULO: CONSTRUÇÃO E VALIDAÇÃO DE UM INSTRUMENTO PARA AVALIAÇÃO DE COMPETÊNCIAS EM INFORMÁTICA PARA ENFERMEIROS
PALAVRAS-CHAVES: Competência em informática. Tecnologia da Informação. Informática em Enfermagem.Validade dos Testes. Psicometria.
PÁGINAS: 115
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
SUBÁREA: Enfermagem Médico-Cirúrgica
RESUMO:

Trata-se de um estudo que tem como finalidade a validação de uma escala capaz de mensurar as competências em informática de enfermeiros brasileiros. A utilização de uma escala psicometricamente válida, confiável e precisa é essencial para garantir uma avaliação adequada do construto. Objetivo: Construir e submeter ao processo de validação de construto uma escala capaz de avaliar as competências em informática de enfermeiros brasileiros. Método: pesquisa de corte transversal, do tipo Survey, de abordagem quantitativa que seguiu as seguintes etapas: transformação da lista do estudo de Melo (2018) em escala tipo Likert de cinco pontos e validação de construto com análise psicométrica. A amostra foi de 550 questionários. O instrumento proposto composto por 78 itens. O período de coleta teve duração de dez meses. A validação de construto foi utilizando análise fatorial e a consistência interna pelo coeficiente alfa de Cronbach. Resultados: O teste de Bartlett e teste KMO possibilitaram e confirmaram que os dados coletados eram adequados e respondentes à análise fatorial. A análise fatorial exploratória simples sugeriu um instrumento unidimensional e identificado quatro fatores, a serem apresentados na escala proposta por meio desta pesquisa, segundo os critérios da proporção acumulada e do gráfico Scree Plot. Seguidamente, aplicou-se quatro análises fatoriais exploratória com rotação Varimax para analisar as cargas fatoriais e comunalidades de cada item. Assim, foi necessário a exclusão de 12 itens para adequação das cargas fatoriais com valores ≥ 0,30 e comunalidades ≥ 0,50. A escala obteve alfa de Cronbach de 0,99. Ao final apresenta-se uma escala validada com 66 itens. Conclusão: Apresenta-se uma escala válida para mensurar competências em informática de enfermeiros brasileiros.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1645148 - ELIANA OFELIA LLAPA RODRIGUEZ
Interno - 2102691 - CRISTIANE FRANCA LISBOA GOIS
Interno - 1541701 - LIUDMILA MIYAR OTERO
Externo à Instituição - LEILA MARIA MARCHI ALVES ANCHESCHI
Externo à Instituição - DAVID LOPES NETO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5