UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 23 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: PAULA MICHELE DOS SANTOS LEITE
03/12/2019 10:39


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PAULA MICHELE DOS SANTOS LEITE
DATA: 18/12/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Centro de Pesquisas Biomédicas/HU sala 27
TÍTULO: EFEITO DA ELETROACUPUNTURA NA DOR, ASPECTOS SOMATOSSENSORIAS, FUNCIONAIS E PSICOEMOCIONAIS DE PACIENTES COM LOMBALGIA CRÔNICA INESPECÍFICA
PALAVRAS-CHAVES: Eletroacupuntura. Dor lombar. Catastrofização. Qualidade de vida.
PÁGINAS: 77
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Fisioterapia e Terapia Ocupacional
RESUMO:

Introdução: A lombalgia crônica inespecífica é comum e umas das condições mais incapacitantes do mundo. Adicionalmente, apesar de a acupuntura ser uma técnica milenar, ainda existem algumas lacunas nos ensaios clínicos que não deixam claro se a acupuntura é diferente da eletroacupuntura, ou se esta última é apenas uma variação a técnica tradicional, ou se realmente existe alguma vantagem ao adicionar a corrente elétrica nas agulhas já inseridas. Objetivos: Analisar o efeito da eletroacupuntura na dor, aspectos somatossensoriais, funcionais e psicoemocionais de pacientes com lombalgia crônica inespecífica. Métodos: Trata-se de um ensaio clínico randomizado, duplamente encoberto. Os pacientes foram alocados aleatoriamente em um dos quatro grupos de estudo. Houve 1 grupo de tratamento (EA) e 3 grupos de controle (CTR 1, CTR 2 e CTR 3), considerando a eletroacupuntura como foco neste estudo. O tratamento foi realizado três vezes por semana, em um total de dez sessões. A intensidade de dor em repouso e em movimento foram investigadas através da escala numérica da dor de 11-pontos. Para caracterizar a dor foi utilizado o questionário de dor de McGill. Os aspectos somatossensoriais foram analisados através da medida do limiar de detecção tátil (estesiometria), limiar de dor por pressão (algometria), teste de somação temporal e teste de modulação condicionada da dor. Para analisar os aspectos funcionais, foram investigados o impacto da dor na funcionalidade (questionário Oswestry) e a incapacidade funcional (questionário de incapacidade de Roland-Morris). Os aspectos psicoemocionais foram observados através da catastrofização da dor (questionário de catastrofização da dor) e da cinesiofobia (questionário de cinesiofobia de Tampa). A qualiddade de vida foi analisada através do questionário Euroqol-5D. Resultados: Um total de sessenta e nova pacientes participaram do estudo. Nenhuma diferença significativa foi encontrada na intensidade da dor ou respostas dos testes sensoriais quantitativos quando comparado o grupo eletroacupuntura aos três grupos controle. Houve uma redução significativa tanto na intensidade da dor em repouso quanto em movimento nos grupos EA, CTR 1 e CTR 3. O impacto da dor na funcionalidade, a incapacidade funcional e a catastrofização da dor foram significativamente menores após as dez sessões de eletroacupuntura nos pacientes com lombalgia crônica inespecífica do presente estudo. Os valores obtidos o grupo EA após o tratamento não foram diferentes dos três grupos-controle. Cinesiofobia e qualidade de vida não apresentaram mudanças significativas após as sessões em nenhum dos grupos. Conclusões: a eletroacupuntura de forma isolada reduz intensidade de dor, melhora os aspectos funcionais e diminui a catastrofização da dor de pacientes com lombalgia crônica inespecífica, entretanto para alterar a sensibilização central, diminuir a cinesiofobia e melhorar da qualidade de vida desses pacientes talvez seja interessante outro tipo de tratamento ou uma abordagem multidisciplinar, que trate o paciente como um todo, não apenas as suas limitações físicas.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ISABELA AZEVEDO FREIRE SANTOS
Interno - 1347234 - KARINA CONCEICAO GOMES MACHADO DE ARAUJO
Externo ao Programa - 2034694 - KARINA LAURENTI SATO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5