UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 18 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: JOSÉ OLIVEIRA DANTAS
22/11/2019 09:03


Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ OLIVEIRA DANTAS
DATA: 19/12/2019
HORA: 14:00
LOCAL: SALA 2 - PPGAGRI
TÍTULO: Susceptibilidade e resistência de genótipos de Eucalyptus spp. a vespa-da-galha Leptocybe invasa Fisher & La Salle (Hymenoptera: Eulophidae)
PALAVRAS-CHAVES: Inseto praga; Silvicultura; insetos galhadores
PÁGINAS: 79
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

A vespa-da-galha L. invasa é originária da Austrália, se reproduz por partenogênese (telítoca)
exclusivamente em eucalipto com grande poder de infestação. A vespa-da-galha oviposita na nervura
central das folhas, pecíolos e ramos jovens induzindo a formação de galhas, causando envassouramento
e seca dos ponteiros, impedindo o crescimento normal das plantas e em casos de ataque mais severo
ocorre a morte da planta. No entanto, existem genótipos de eucalipto resistentes e genótipos suscetíveis
a formação de galhas. Objetivando analisar se a resistência a formação de galhas é física ou química,
cinco genótipos resistentes e cinco suscetíveis tiveram a anatomia e composição química analisadas,
concomitantemente fez-se o registro da primeira ocorrência de galhas em Eucalyptus globulus, na região
nordeste do Brasil. Para análise física ou anatômica, galhas nas folhas, pecíolos e ramos jovens de
genótipos de eucalipto resistentes e suscetíveis foram cortadas em micrótomo, observadas e
fotografadas com microscópio óptico e a área dos feixes vasculares, na região da postura e, ou galha foi
medida usando o programa Image-Pro Plus ® . Os óleos essenciais dos genétipos de eucalipto foram
analisados por cromatografia gasosa e espectrofotometria de massa. Foi observada oviposição da vespa-
da-galha em genótipos resistentes, porém sem formação de galhas. Já nos genótipos suscetíveis houve
a formação de galhas com deformações nas estruturas e diminuição significativa nas áreas dos feixes
vasculares da nervura central das folhas e pecíolos. Houve diferença na composição química dos óleos
essenciais entre os genótipos resistentes e suscetíveis, sendo que doze constituintes foram detectados
apenas nos óleos essenciais dos genótipos resistentes. Portanto, a resistência provavelmente não é física,
uma vez que ocorre oviposição da vespa em genótipos resistentes, assim a resistência a formação de
galha deve ser química, induzida pelo sinergismo dos constituintes do óleo essencial.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 638.148.201-00 - ADENIR VIEIRA TEODORO
Externo à Instituição - ELIANA MARIA DOS PASSOS
Presidente - 1352277 - GENESIO TAMARA RIBEIRO
Externo à Instituição - LIAMARA PERIN
Externo à Instituição - ROZIMAR DE CAMPOS PEREIRA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16088-62c448d53e