UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 23 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: THIAGO ABNER DOS SANTOS SOUSA
18/09/2019 11:07


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THIAGO ABNER DOS SANTOS SOUSA
DATA: 17/10/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Centro de Pesquisas Biomédicas/HU
TÍTULO: Efeito anti-hiperalgésico e anti-inflamatório da mobilização articular periférica na dor musculoesquelética.
PALAVRAS-CHAVES: Manipulações Musculoesqueléticas; Dor Musculoesquelética; Dor Crônica; Artrite
PÁGINAS: 78
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Fisioterapia e Terapia Ocupacional
RESUMO:

Introdução: Mobilização articular (MA) são movimentos passivos acessórios que visam a recuperação da artrocinemática e o alívio da dor musculoesquelética (DME). É desconhecida a diferença do efeito dos graus de pequena e grande amplitude da MA nas articulações quanto à dor, inflamação. Objetivos: 1) Analisar o risco de viés e a eficácia terapêutica de ensaios clínicos relacionados aos efeitos da MA associada ou não a outras terapias na DME. 2) Investigar os efeitos anti-hiperalgésico e anti-inflamatório da MA de joelho em modelo experimental de inflamação articular em ratos. Método: 1) Busca sistemática de estudos em 12 bases de dados foi realizada por dois investigadores através da associação entre os descritores 'Musculoskeletal Manipulations', 'Chronic pain' e 'Musculoskeletal Pain'. Para avaliação do risco de viés dos estudos, foi utilizada a ferramenta da Cochrane Collaboration. 2) Estudo experimental em ratos machos (n=39) submetidos ao modelo experimental de inflamação articular aguda por injeçãode Adjuvante Completo de Freud. Os animais foram divididos em duas séries experimentais: A) tratamento com MA por 3 dias alternados e B) tratamento com MA em apenas 1 dia. Os animais foram alocados em 3 grupos: G1) MA grau I; G2) MA grau III e G3) controle (sem tratamento). Foram avaliados o limiar de retirada da pata (analgesímetro digital) (séries A e B) e o limiar de retirada articular (tweezer), temperatura média do joelho (termografia infravermelha) (série A), nos seguintes tempos: basal, 24 h após indução do modelo de inflamação, antes e após a aplicação da MA. Na série B, após 6 horas da aplicação da terapia, foi realizada a coleta de sangue para dosagem da citocina IL-6. Resultados: 1) Foram encontrados 5587 registros, dos quais 14 foram incluídos nesta revisão, abrangendo 812 participantes. A MA promoveu redução da dor em curto e longo prazos, melhora da amplitude de movimento, força muscular e função quando utilizada isoladamente ou em associação com a fisioterapia convencional. A maior parte dos estudos apresentou baixo risco quanto aos vieses de seleção, performance, detecção e relato. No item “outro viés”, apenas um estudo apresentou baixo risco e outro estudo apresentou risco incerto. 2) Foi observado menor limiar de retirada articular (p<0,001) e da pata (p≤0,024) e maior tempertaura média (p≤0,035) após indução do modelo. Após o 1º dia de tratamento, foi observado aumento do limiar de retirada articular (p≤0,046) e redução da temperatura média (p≤0,049). A MA III apresentou maior limiar de retirada articular no 1º dia quando comparado ao grupo MAI (p≤0,039). Aumento significativo do limiar de retirada articular (p≤0,046) e da pata (p=0,004) foi observado no 3º dia de tratamento. A aplicação da MAI e MAIII mostrou uma tendência à redução da concentração sérica de IL-6 em relação ao grupo CTRL. Conclusão: A MA parece ser uma técnica segura para o tratamento das DME crônicas, e apresenta resultados benéficos quando aplicada isoladamente ou em associação com outras intervenções. Foi possível verificar que a MA III apresentou melhor efeito anti-hiperalgésico local e central e que ambos os graus de MA apresentaram uma tendência de efeito anti-inflamatório, com melhor efeito observado na MA I.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 3026181 - LÍVIA CRISTINA RODRIGUES FERREIRA LINS
Interno - 2137199 - PAULA SANTOS NUNES
Externo ao Programa - 2865016 - SIMONE DE SOUZA NASCIMENTO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5