UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 16 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: HENRIQUE ALCÂNTARA DE MELO
23/08/2019 11:30


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: HENRIQUE ALCÂNTARA DE MELO
DATA: 26/08/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de estudos do PPGPI
TÍTULO: AS ACELERADORAS DE STARTUPS COMO UM AMBIENTE DIFUSOR DE CONHECIMENTO SOBRE PROPRIEDADE INTELECTUAL
PALAVRAS-CHAVES: Empreendedorismo. Aceleradoras. Startups. Propriedade Intelectual.
PÁGINAS: 62
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

As aceleradoras são organizações que visam impulsionar a criação de novos negócios, oferecendo serviços específicos para as startups, tais como mentoria focada na educação e orientação aos empreendedores, durante um curto período de tempo. Esta pesquisa, apresenta como objetivo geral analisar o processo de aceleração de startups como ambiente difusor de conhecimentos sobre propriedade intelectual. E tem como objetivos específicos caracterizar as Aceleradoras de startups sob a ótica dos empreendedores acelerados; verificar os tipos de Propriedade Intelectual existentes nas startups aceleradas; identificar de que forma o conhecimento sobre Propriedade Intelectual é desenvolvido durante o processo de aceleração; identificar como a Propriedade Intelectual agrega valor aos negócios acelerados. A metodologia da pesquisa corresponde a um estudo exploratório qualitativo; neste estudo, a população envolve as aceleradoras localizadas na região Nordeste participantes do programa Startup Brasil, e a amostra consiste nos empreendedores das startups das três aceleradoras, localizadas nos estados da Bahia e Pernambuco. O instrumento de coleta de dados será a entrevista estruturada, desenvolvida a partir de um roteiro com os principais temas voltados a esta pesquisa. Notou-se que as aceleradoras possuem mentorias especializadas para a discernir os empreendedores acelerados sobre o tema propriedade intelectual, no entanto, após relatos, foi possível perceber que as startups entrevistadas, todas possuíam registro de marcas e apenas uma possuía registro de patente, três delas possuíam registro de software. Os entrevistados deixam claro que o processo ainda deixa a desejar neste aspecto, já que o tema propriedade intelectual é abordada de forma sutil, sendo pouco explorada, partindo dos empreendedores a busca por mais conhecimento e consequentemente os seus respectivos registros.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1541859 - IRACEMA MACHADO DE ARAGAO
Interno - 1835499 - JOAO ANTONIO BELMINO DOS SANTOS
Externo à Instituição - JOSE AUGUSTO ANDRADE FILHO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16078-e509258a73