UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 22 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: REBECA GALVÃO FONSECA
21/08/2019 08:21


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: REBECA GALVÃO FONSECA
DATA: 27/08/2019
HORA: 08:30
LOCAL: Centro de Pesquisas Biomédicas/HU
TÍTULO: Serious game como ferramenta de ensino-aprendizagem na educação superior de Enfermagem: revisão sistemática e desenvolvimento de protótipo.
PALAVRAS-CHAVES: Ensino superior; Enfermagem; Educação em Enfermagem; Tecnologia educacional; Jogos de vídeo.
PÁGINAS: 156
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

Os avanços da tecnologia têm influenciado em novos parâmetros para a sociedade contemporânea, não podendo ser diferente na área educacional, especialmente no que se refere às estratégias metodológicas utilizadas no ensino superior. No âmbito da Enfermagem, a necessidade de preparar profissionais enfermeiros devidamente capacitados e habilitados vem colaborando com a criação e utilização de jogos educativos como ferramenta de ensino aprendizagem. Os “serious game” possibilitam a construção de conhecimento e também o treinamento de atividades por meio da simulação de diversas práticas em ambiente seguro para o aprendiz e paciente; oferecendo oportunidades de aprendizagem e mudanças de comportamento. Diante do exposto, este estudo tem como principais objetivos identificar na literatura evidências sobre o impacto da utilização do serious game como ferramenta de ensino aprendizagem para acadêmicos de Enfermagem e apresentar uma ferramenta para ensino aprendizagem sobre o Processo de Enfermagem. Trata-se de uma pesquisa metodológica e descritiva, envolvendo produção tecnológica, realizada de março de 2017 a julho de 2019. Uma revisão sistemática foi conduzida segundo as recomendações da iniciativa PRISMA e teve a seguinte questão norteadora: “Quais os impactos na utilização de jogos sérios como ferramenta de estratégia educacional no ensino de educação superior no curso de Enfermagem?”. A busca foi realizada em oito bases de dados (CINAHL, COCHRANE, ERIC, Embase, LILACS, Pubmed, Scopus e Web of Science) utilizando termos definidos a partir de consultas no MeSH. Após as etapas de seleção manual, triagem e avaliação para seleção dos artigos, dezesseis compuseram a amostra desta pesquisa. Entre os principais resultados se destacam os aspectos positivos quanto à avaliação do jogador sobre sua aprendizagem, satisfação com a ferramenta utilizada e contribuições do jogo em relação à aceitação do conteúdo trabalhado, contudo evidenciou-se a necessidade de mais estudos nessa área. A revisão da literatura foi primordial para que uma equipe multidisciplinar, de forma colaborativa, desenvolvesse um serious game fundamentado nas seguintes etapas: definição de escopo (conteúdo pedagógico), definição do formato do jogo e funcionalidades, descrição do roteiro e comunicação com a equipe de desenvolvimento, prototipagem com avaliação e produção. Como resultado, o protótipo do serious game tipo RPG, modo single player foi intitulado como “ProNurse Care”; cuja finalidade está fundamentada na aplicação do Processo de Enfermagem focado na individualidade e necessidades de um paciente fictício. No jogo, o usuário realiza a coleta do histórico, anamnese e exame físico, formula os diagnósticos de Enfermagem e planeja os resultados/metas e intervenções. O feedback das ações foi inserido de forma imediata e a cada passo concluído com sucesso o jogador se torna apto a seguir para a próxima etapa. Após finalizado, o software foi registrado no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), obtendo parecer favorável sob nº 512019000576-7. Conclui-se que o “ProNurse Care” é uma ferramenta promissora a ser utilizada como instrumento de ensino do Processo de Enfermagem; por ser inovadora e atual tende a tornar-se uma estratégia motivadora, eficaz e válida, que preza pela segurança do paciente e melhoria das habilidades do discente. No entanto, antes de sua implementação, pretende-se submeter a ferramenta à validação por especialistas, a fim subsidiar as mudanças e aprimoramento para versão final do jogo.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1964297 - CRISTIANI ISABEL BANDERO WALKER
Externo à Instituição - DANIELE MARTINS DE LIMA
Presidente - 2030649 - MAIRIM RUSSO SERAFINI

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12692-c69972fb69