UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 29 de Novembro de 2022

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de DEFESA: DANIELLA BATISTA DE JESUS
19/08/2019 16:28


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANIELLA BATISTA DE JESUS
DATA: 27/08/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de Seminários do PEQ/UFS
TÍTULO: ESTUDO DA SECAGEM DE CAPIM ELEFANTE CAMEROON (Pennisetum purpureum Schum) EM SECADOR TIPO ESTEIRA ASSISTIDO POR AQUECIMENTO INFRAVERMELHO
PALAVRAS-CHAVES: Biomassa, bioenergia, transferência de massa
PÁGINAS: 89
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Química
SUBÁREA: Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química
ESPECIALIDADE: Operações de Separação e Mistura
RESUMO:

O potencial do capim-elefante (Pennisetum purpureum S.) como biomassa para a produção de biocombustíveis e bioenergia vem sendo amplamente destacado na literatura, principalmente devido à alta produção e qualidade de biomassa No entanto, o alto teor de umidade do capim-elefante limita a sua aplicação como combustível alternativo, em razão das dificuldades de armazenamento e da e eficiência térmica reduzida durante os processos de conversão de energia. Logo, é essencial que o teor de umidade das partículas de biomassa do material lignocelulósico seja reduzido a 8-10% b.u., por meio de uma técnica de secagem adequada. Assim, o objetivo deste trabalho foi fornecer informações sobre as características de secagem do capim-elefante utilizando um secador tipo esteira assistido por aquecimento infravermelho (IV), a partir de uma abordagem experimental da transferência de massa e da qualidade do produto. Os efeitos da temperatura da fonte de radiação IV e da velocidade da esteira sobre a cinética de secagem e sobre atributos de qualidades da biomassa desidratada, tais como: proteína bruta, fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), são apresentados e discutidos. Os resultados revelam o potencial uso da técnica investigada para secar partículas de biomassa do capim-elefante, assegurando a preservação da qualidade do produto.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1452214 - MANOEL MARCELO DO PRADO
Interno - 1708289 - LUANDA GIMENO MARQUES
Externo ao Programa - 1542165 - JOSE JAILTON MARQUES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2022 - UFRN v3.5.16 -r18154-6e174eae4e