UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 23 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: GUSTAVO MENEZES MACHADO
02/08/2019 12:42


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GUSTAVO MENEZES MACHADO
DATA: 20/08/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de Seminário do PROCC
TÍTULO: Um estudo da representação de documentos jurídicos em espaços métricos.
PALAVRAS-CHAVES: Jurisprudência, MDS, Doc2Vec, julgamentos, textos jurídicos.
PÁGINAS: 69
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
RESUMO:

Diariamente são elaboradas dezenas de decisões a partir de interpretações das leis realizadas por tribunais de todo o país. Esse conjunto de decisões similares sobre uma mesma matéria é conhecido como jurisprudência, e serve como base para julgamentos e argumentações futuras. Nos textos jurídicos escritos em Português brasileiro, além das palavras serem guiadas por regras estéticas diferentes, há também o uso de referências frequentes a elementos jurídicos, o que torna a análise de textos jurídicos escritos em Português brasileiro um problema estimulante. Neste trabalho, é explorado um espaço métrico associado a contextos e ao compartilhamento de símbolos entre contextos de documentos jurídicos, ou seja, trata-se da busca por espaços adequados à representação de textos como processos judiciais, onde cada processo é representado como um ponto, e as distâncias entre esses pontos representam medidas probabilísticas. Para tal representação, foi utilizado o "Multidimensional Scaling" (MDS), que é uma técnica de redução de dimensionalidade onde as relações de distâncias entre os pontos no espaço projetado se aproximam das medidas de proximidade dos objetos do espaço original. A base de jurisprudência do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe foi utilizada, além de um conjunto controlado de palavras utilizadas na área jurídica, disponibilizados pelo Supremo Tribunal Federal. Os experimentos realizados evidenciaram que o método proposto conseguiu uma melhor classificação em 43,5% dos casos, enquanto Doc2Vec foi superior em apenas 35,7% das vezes, evidenciando a existência de um espaço métrico mais adequado à representação de textos jurídicos escritos em Português brasileiro, que um espaço puramente baseado em co-ocorrência de símbolos quaisquer, como o que é encontrado pelo Doc2Vec.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2305358 - JANIO COUTINHO CANUTO
Presidente - 2178222 - JUGURTA ROSA MONTALVAO FILHO
Interno - 2217866 - ROGERIO PATRICIO CHAGAS DO NASCIMENTO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5