UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 20 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: GEFERSON MESSIAS TELES VASCONCELOS
22/07/2019 12:25


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GEFERSON MESSIAS TELES VASCONCELOS
DATA: 30/08/2019
HORA: 10:00
LOCAL: Programa de Pós-Graduação em Zootecnia
TÍTULO: Elaboração e Validação de um Protocolo de Prevenção de Lesão por Pressão para Pacientes Críticos
PALAVRAS-CHAVES: Lesão por pressão; Gestão do cuidado; Enfermagem; Unidade de terapia intensiva
PÁGINAS: 33
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
SUBÁREA: Enfermagem Médico-Cirúrgica
RESUMO:

A lesão por pressão (LP) é um problema que acomete a pele e/ou tecido subjacente normalmente sobre uma proeminência óssea, resultante de pressão, bem como a combinação desta com o cisalhamento. Em se tratando de cuidados críticos, os pacientes internados em unidades de cuidados a pacientes críticos (UCC), como em unidades terapia intensiva (UTI), são mais predispostos a desenvolver esse problema devido a limitação dos movimentos/imobilização e a gravidade do seu quadro, bem como fatores de risco específicos, associados ao motivo de internação. As LP, portanto, são consideradas um problema de saúde pública, já que seu impacto é multifatorial. Além do acometimento do indivíduo e sua família, gerando sofrimento físico e psíquico devido ao seu impacto na morbimortalidade e na qualidade de vida, a população em geral é acometida, já que os custos de tratamento são elevados. Por isso, entende-se que a implantação de protocolos assistenciais para a prevenção de LP, o que inclua escala específica para estratificação de risco, tem impacto significativo na otimização da assistência, na redução do tempo de internação, na diminuição da incidência de problemas relacionados a esse agravo, na redução de custos com o tratamento dessas lesões, bem como os custos gerais com a internação, já que seria um acréscimo à causa básica de internação do paciente. Sendo assim, o objetivo do presente estudo é elaborar e validar um protocolo de prevenção de LP para pacientes internados em UCC. O método Delphi será utilizado para validação do instrumento e a revisão sistemática para construção do protocolo a ser validado. Espera-se que a construção de desse protocolo possa corroborar na diminuição da incidência e prevalência das LP desses pacientes, bem como nos fatores supracitados.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2394615 - EDUESLEY SANTANA SANTOS
Interno - 2449971 - LEILA LUIZA CONCEICAO GONCALVES
Externo ao Programa - 2972957 - ANA CARLA FERREIRA SILVA DOS SANTOS
Externo ao Programa - 3120444 - JUSSIELY CUNHA OLIVEIRA
Externo à Instituição - SHEILA COELHO RAMALHO VASCONCELOS MORAIS

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12646-2c874e3307