UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 18 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: HYRLA GRAZIELLE SILVA DE ARAUJO COUTO
17/07/2019 16:53


Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: HYRLA GRAZIELLE SILVA DE ARAUJO COUTO
DATA: 25/07/2019
HORA: 14:00
LOCAL: SALA 2 - PPGAGRI
TÍTULO: Triagem de atividade antimicrobiana de três espécies aromáticas, atividade antioxidante e formulação de microemulsão de óleo essencial de manjericão
PALAVRAS-CHAVES: Ocimum basilicum, Lippia alba, Myrcia lundiana, compostos majoritários, Listeria monocytogenes, segurança alimentar
PÁGINAS: 79
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

O objetivo deste trabalho foi realizar uma triagem da atividade antibacteriana de três espécies aromáticas, a atividade antioxidante de óleos essenciais (OEs) de Ocimum basilicum e seus compostos majoritários, como também desenvolver uma microemulsão de revestimento comestível antimicrobiano com OE de Ocimum basilicum. O espectro de atividade dos OEs dos genótipos Lippia alba (Mill.) N.E.Br., Myrcia lundiana Kiaersk, Ocimum basilicum L., frente a seis bactérias patogênicas em alimentos foi avaliado pelo método de difusão em ágar. Para as linhagens sensíveis, foram determinadas a concentração inibitória mínima (MIC) e a concentração bactericida mínima (MBC) dos OEs bem como da combinação de seus compostos majoritários. O potencial antioxidante dos OEs de 24 genótipos de manjericão foi avaliado por 4 métodos distintos de avaliação in vitro (DPPH, FRAP, ABTS e β-caroteno). Diferentes combinações dos principais compostos encontrados no OEs também foram testadas para identificar as combinações responsáveis pela atividade antioxidante dos óleos voláteis e verificar a ocorrência de sinergismo ou antagonismo entre elas. Na terceira etapa do trabalho aplicou-se revestimento comestível de alginato de sódio (1%) à base de microemulsão contendo OE de manjericão (Ocimum basilicum L.) da cultivar Maria Bonita em fatias de presunto pré-contaminadas com Listeria monocytogenes, a fim de verificar seu efeito antimicrobiano durante o armazenamento. Esta etapa foi realizada com três tratamentos: fatias controle sem adição de cobertura (Controle), revestidas com alginato de sódio sem microemulsão e óleo essencial de manjericão (CAW) e revestidas com alginato de sódio incorporado com microemulsão contendo óleo essencial de manjericão da cultivar Maria Bonita (30μL / mL) (OEM). Dentre as espécies avaliadas, OEs da espécie Ocimum basilicum apresentaram melhor desempenho antimicrobiano, e a combinação de compostos padrões simulando a composição majoritária de um destes OE, apresentou MIC e MBC significativamente menores que o OE. Os resultados de atividade antioxidante dos 24 genótipos de manjericão indicam que 9 OE apresentaram maior potencial antioxidante, algumas apresentando atividade até a concentração de 1 µL / mL, e o composto majoritário eugenol apresentou a maior atividade antioxidante. Esta diferença entre os OEs e suas simulações na atividade antioxidante e antimicrobiana, sugere que a atividade biológica de alguns OEs não pode ser atribuída somente aos compostos majoritários, mas também a compostos minoritários presentes no OE, possivelmente por efeito sinergístico. A microemulsão formulada com alginato de sódio e OE da cultivar Maria Bonita (OEM), quanto aplicada em fatias de presunto inoculadas com L. monocytogenes, apresentou redução significativa no número de células viáveis de durante o armazenamento, o que não ocorreu nos demais tratamentos sem microemulsão (Controle e CAW). Estes resultados sugerem que OEs da espécie Ocimum basilicum possuem atividade antioxidante e antimicrobianas promissoras, e que estas atividades não podem ser atribuídas apenas aos seus compostos majoritários. Estes OEs incorporados a revestimentos comestíveis em microemulsão possuem potencial para aplicação em embalagens ativas, visando melhorar a segurança alimentar.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1838864 - ANA ANDREA TEIXEIRA BARBOSA
Externo ao Programa - 2020866 - ANA MARA DE OLIVEIRA E SILVA
Presidente - 2241349 - ARIE FITZGERALD BLANK
Externo à Instituição - JULIANNA FREIRE DE SOUZA
Externo à Instituição - MARIA DAS GRACAS CARDOSO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16088-62c448d53e