UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 25 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARCELA GAMA SANTANA MOREIRA
18/06/2019 08:17


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARCELA GAMA SANTANA MOREIRA
DATA: 27/06/2019
HORA: 08:00
LOCAL: Centro de Pesquisas Biomédicas/HU
TÍTULO: Fatores de risco para lesão por pressão em pacientes adultos hospitalizados
PALAVRAS-CHAVES: Fatores de risco. Lesão por pressão. Pacientes internados
PÁGINAS: 51
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

A lesão por pressão é um fenômeno complexo e multifatorial, causada por fatoresintrínsecos e extrínsecos. O conhecimento destes fatores e o reconhecimento dospacientes em risco pela equipe multiprofissional, especialmente da enfermagem, sãofundamentais para planejamento de ações preventivas individualizadas. O presente estudoteve como objetivo identificar os fatores de risco associados ao desenvolvimento de lesãopor pressão em pacientes adultos hospitalizados. Trata-se de um estudo caso-controle,desenvolvimento em um hospital da rede privada na cidade de Aracaju, Sergipe, com umaamostra de 285 pacientes, sendo 95 casos e 190 controles. O grupo caso foi constituídopor pacientes que desenvolveram lesão por pressão no período de junho de 2017 a junhode 2018, e o grupo controle, por pacientes sem lesão por pressão. A coleta de dadosocorreu no período de setembro de 2018 a março de 2019. Os pacientes do grupo casoforam identificados por meio dos relatórios de incidência de lesão por pressão, e os dogrupo controle, pelos bancos de dados mensais da comissão de pele. Foram incluídos ospacientes maiores de 18 anos. O critério de exclusão no grupo caso foi de pacientes apenascom lesão por dispositivo médico, já no controle, foram pacientes acometidospreviamente por lesão por pressão e com tempo de internação menor que 5 dias ou maiorque 500 dias. Os dados sociodemográficos, clínicos e laboratoriais dos participantesforam coletados por meio de prontuários eletrônicos, organizados em planilhas noMicrosoft Office Excel 2013® e exportados para o programa R Core Team 2019 pararealização dos testes estatísticos. Realizou-se análise univariada de todas as variáveis doestudo, seguida por análise multivariada com regressão logística simples e múltipla. Foiconsiderado significante as variáveis com p<0,005. Os resultados mostraram a regiãoglútea como a mais acometida pelas lesões por pressão e o estágio “tissular profunda”como o mais frequente. As características dos pacientes com estas lesões foram idadeavançada, braden de alto risco e com necessidade de vigilância hemodinâmica. Mais dametade dos pacientes com lesão por pressão evoluíram a óbito. Os fatores de riscoevidenciados para desenvolvimento de lesão por pressão foram: anemia, plaquetopenia,plaquetocitose, necessidade de suporte ventilatório e hemodiálise, desnutrição e bradende alto risco. Os resultados deste estudo fortalecem a evidência científica sobre os fatoresde risco envolvidos no desenvolvimento de lesão por pressão.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1241436 - JOSEILZE SANTOS DE ANDRADE
Interno - 1347234 - KARINA CONCEICAO GOMES MACHADO DE ARAUJO
Interno - 2137199 - PAULA SANTOS NUNES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5