UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 20 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: GRACE KETHELLEN LINHARES SANTOS PORTO
05/06/2019 15:54


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GRACE KETHELLEN LINHARES SANTOS PORTO
DATA: 07/06/2019
HORA: 09:30
LOCAL: SALA 47 - PROPADM
TÍTULO: EMPREENDEDORISMO SOCIAL: Análise dos investimentos de impacto no Brasil
PALAVRAS-CHAVES: Empreendedorismo Social. Investimento de Impacto. Negócios de Impacto Social. Problemas Sociais.
PÁGINAS: 74
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO:

Com graves problemas sociais e ambientais, desperta-se o interesse não só no mundo dos negócios, como também no mundo acadêmico pela temática do empreendedorismo social. Para esta pesquisa, o empreendedorismo social é visto como uma atividade que visa não só resolver um problema social, mas também gerar lucro a partir da venda de produtos ou da prestação de serviços e da possibilidade de distribuição de seus dividendos para sócios, acionistas e demais stakeholders. Estas características, portanto, dão origem aos chamados Negócios de Impacto Social. Contudo, em alguns casos, somente esta atividade não é suficiente para manter e desenvolver a empresa. Como consequência, os empreendedores sociais precisam buscar novas alternativas de investimento. No contexto do empreendedorismo social, as fontes alternativas de investimento são chamadas de “Investidores de Impacto”. O acesso a essas fontes de investimento nem sempre é uma tarefa fácil. Assim, o processo de captação de recursos financeiros torna-se uma das maiores dificuldades relatadas por empreendedores sociais. Em conformidade com o exposto, a presente pesquisa tem como objetivo analisar o processo de captação de investimento de impacto por parte dos empreendedores sociais das principais áreas de negócios de impacto no Brasil. Quanto à metodologia, o estudo classifica-se como descritivo, com uma abordagem mista, sendo, em um primeiro momento, quantitativa e, posteriormente, qualitativa, cujo método de pesquisa adotado é o estudo de casos múltiplos. Para a etapa quantitativa, serão enviados questionários por meio da ferramenta Google Forms aos negócios de impacto social que já captaram investimento de impacto e que estão cadastrados na plataforma da Pipe.Social, a fim de fazer um levantamento das informações, características e tendências para o setor como um todo. Para a etapa qualitativa, serão realizadas entrevistas com roteiro semiestruturado, via aplicativo Reuniões Zoom, com seis negócios de impacto social, sendo estes representantes das principais áreas de impacto socioambiental, com base no levantamento feito pelo 2º Mapa de Negócios de Impacto Socioambiental (2019): tecnologia verde, cidadania, educação, saúde, serviços financeiros e cidades. Utilizar-se-á também como fonte de evidência a análise de documentos. Alguns destes documentos disponibilizados pelas empresas, outros obtidos pela pesquisadora de fontes como sites e panfletos publicitários, redes sociais, entre outros. Para a análise dos dados, adotar-se-á a técnica da análise de conteúdo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1662887 - MARIA ELENA LEON OLAVE
Interno - 277760 - MONICA CRISTINA ROVARIS MACHADO
Externo à Instituição - MOISES ARAUJO ALMEIDA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12646-2c874e3307