UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 25 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: AMANDA SANTOS DE OLIVEIRA
04/06/2019 10:34


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: AMANDA SANTOS DE OLIVEIRA
DATA: 02/07/2019
HORA: 08:00
LOCAL: Centro de Pesquisas Biomédicas/HU
TÍTULO: LIDOCAÍNA NO ALÍVIO DA DOR DURANTE A SONDAGEM NASOGÁSTRICA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA COM METANÁLISE
PALAVRAS-CHAVES: Analgesia. Dor aguda. Dor nociceptiva. Intubação gastrointestinal. Lidocaína. Manejo da dor. Mensuração da dor
PÁGINAS: 56
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

A literatura possui evidências sobre a eficácia da lidocaína no alívio da dor durante a inserção das sondas nasogástricas. O objetivo desse estudo foi investigar essa eficácia através de uma revisão sistemática e metanálise de ensaios clínicos randomizados (ECRs). Uma busca sistemática foi realizada no mês de novembro de 2017 por dois revisores, independentemente, para identificar ECRs nas seguintes bases de dados Pubmed, Scopus, Bireme, Cinahl, Cochrane Library. Os descritores incluíram Intubation gastrointestinal, Lidocaine, Pain, Acute pain, Nociceptive pain, Pain management, Pain measurement e Analgesia. Os critérios de elegibilidade foram: (1) população: pacientes adultos submetidos à sondagem gastrointestinal; (2) intervenção e controles: lidocaína geleia, spray/atomizada, aerossol/nebulizada; (3) comparação: placebo ou controle sem lidocaína; (4) desfecho: alívio da dor; (5) tipo de estudo: ensaios clínicos randomizados. Dois revisores extraíram os dados e avaliaram a qualidade do estudo de acordo com as diretrizes da Cochrane para ECRs. Os artigos identificados seguiram para triagem segundo os critérios de elegibilidade e retornaram 101 registros, dos quais 22 foram excluídos devido duplicidade. Após triagem dos títulos e resumos, foram excluídos 69 artigos. Durante a fase de leitura completa, foram excluídos 6 artigos; 192 pessoas foram incluídas nos quatros estudos, das quais 30 eram saudáveis e 162 apresentavam distúrbios gastrointestinais. Os dados revelaram heterogeneidade entre os estudos quanto à forma de apresentação e administração da lidocaína, bem como quanto aos grupos de comparação. A lidocaína atomizada revelou significância 37.4 vs 64.5 do grupo controle; lidocaína spray 23.6 ± 16.6 vs 43.1 ± 31.4; lidocaína gel 33 ± 29 vs 48 ± 27; no que diz respeito ao estudo que avaliou lidocaína gel e lidocaína atomizada, os resultados apresentados foram 19.3 ± 24.9, 23.9 ± 26.4, 30.5 ± 29.6 respectivamente. Esta revisão demonstra que a lidocaína pode ser uma importante aliada no manejo da dor durante a sondagem nasogástrica, porém há escassez de ensaios controlados randomizados.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1835547 - ANA SILVIA MOCCELLIN
Interno - 154.064.405-78 - CARLOS ANSELMO LIMA
Externo ao Programa - 1837196 - MARIANA TIROLLI RETT BERGAMASCO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5