UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 20 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: KATHIUSCIA SANTOS DE BRITO
30/04/2019 15:39


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: KATHIUSCIA SANTOS DE BRITO
DATA: 31/05/2019
HORA: 16:00
LOCAL: A definir
TÍTULO: NAS TRILHAS DO ROMANCEIRO: UMA RELEITURA LITERÁRIA DAS NARRATIVAS ORAIS (ROMANCES).
PALAVRAS-CHAVES: romances, romanceiro sergipano, leitura literária subjetiva, formação de leitores.
PÁGINAS: 55
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
RESUMO:

Este trabalho pretende apresentar uma proposta de leitura literária a partir de alguns romances selecionados do romanceiro sergipano. Os romances são narrativas orais em versos e se constitui enquanto gênero oral popular. A escolha do gênero justifica-se diante da constatação de que há certa lacuna e/ou desinteresse em trabalhar com textos orais, no que se refere ao universo literário. Assim, dentre os inúmeros romances que compõem o romanceiro sergipano, foram selecionados para esta proposta os três romances: “A donzela guerreira” (Donzela que vai à guerra),Bela Infanta” (Dona Infanta) e “Delgadinha” (Dalgadinha). Os referidos romances foram retirados do livro de Jackson de Lima: “O folclore a Sergipe” (1977). O estudo sobre os romances é feito a partir dos pressupostos apresentados por Alvanita Almeida Santos (2005), em sua tese intitulada, Canto das mulheres- entre bailar e trabalhar: relações de gênero em narrativas orais (romances), juntamente com o trabalho de dissertação sobre os romances no contexto sergipano, de Marcos Manoel Trindade, intitulada“O lamento das Severinas: relações de gênero no romanceiro sergipano. A proposta de leitura literária foi feita a partir dos pressupostos de leitura subjetiva, formação do leitor sensível e experiência estética, abordados por Rouxel, Langlade e Rezende (2013). A pesquisa será realizada em uma escola da Rede Estadual de Sergipe com alunos do 6 º ano do ensino Fundamental II. Tendo em vista a compreensão dos romances enquanto produções culturais pertencentes ao universo feminino, observou-se a possibilidade de propor uma leitura literária a partir das relações de gênero presentes entre os romances, juntamente com o conto: “De torre em torre”, retirado do livro “Do seu coração partido” de Marina Colasanti e o filme de animação: Valente, uma produção de (2012), dirigido por Brenda Chapman e Mark Andrews. A presente pesquisa apresenta como proposta de trabalho a realização de Oficinas de leitura literária voltada para práticas de leitura e interpretação dos textos literários e do filme, visando, dentre outros objetivos, familiarizar os alunos com a leitura literária oral dos romances, promover práticas de leitura subjetiva e proporcionar o desenvolvimento de experiências estéticas singulares aos alunos, a partir de uma congruência dos pressupostos do conceito de intertextualidade e interleitura propostos por Annie Rouxel.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1687732 - JEANE DE CASSIA NASCIMENTO SANTOS
Interno - 95283 - CARLOS MAGNO SANTOS GOMES
Externo à Instituição - ALVANITA ALMEIDA SANTOS

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16088-62c448d53e