UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 28 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: JOÃO DEVERTON SANTOS DE CASTRO
01/03/2019 15:20


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOÃO DEVERTON SANTOS DE CASTRO
DATA: 29/03/2019
HORA: 08:00
LOCAL: SALA 2 - PPGAGRI
TÍTULO: Sensibilidade de indicadores de solo ao manejo agrícola em sistemas de produção no agreste de Sergipe
PALAVRAS-CHAVES: Manejo do solo; Química do solo; Física do solo; Microbiologia do solo; Plantio direto; Plantio convencional; Integração lavoura-pecuária
PÁGINAS: 45
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

Uma avaliação adequada da qualidade do solo é necessária para a obtenção de resultado
mais próximos dos reais. Devido à grande interdependência entre os atributos físicos,
químicos e microbiológicos do solo, é importante verificar a influência de diversos
fatores que podem afetar os diversos indicadores da qualidade do solo, como o sistema
de manejo agrícola utilizado. O objetivo deste trabalho foi avaliar e selecionar variáveis
físicas, químicas e microbiológicas do solo, considerando-se concominantemente a alta
sensibilidade ao manejo agrícola e a robustez a outras fontes de variação. Para isso,
foram utilizados 10 tratamentos de um experimento localizado no Campo Experimental
Jorge do Prado Sobral, no município de Nossa Senhora das Dores, estado de Sergipe,
variando em sistemas de plantio direto e convencional, aliados com monoculturas de
soja, milho e rotação entre soja e milho, além do sistema de plantio direto em consórcio
de miho com Brachiaria decumbens ou Brachiaria ruziziensis, rotacionado, ou não com
cultivos de soja. Forma feitas coletas deformadas e indeformadas de solo, de onde
foram analisados atributos físicos (densidade do solo, estabilidade de agregado,
diâmetro médio de agregados), atributos químicos (acidez do solo, matéria orgânica do
solo, CTC total do solo a pH 7,0), e atributos microbiológicos (carbono da biomassa
microbiana, respiração microbiana do solo, atividade microbiana doo solo, β-
glucosidase, fosfatase ácida, arilsulfatase). Por meio de análise de multivariada,
utilizando o software PCORD 6, foi feito um score de qualidade do solo, com análises
químicas e físicas, e a partir deste score, foi avaliado, também, o nível de variação dos
demais atributos do solo em função dos tratamentos e em função das coletas.
Indicadores físicos, químicos e microbiológicos diferem em termos de sensibilidade de
resposta ao manejo e de interferência de outras fontes de variação não associadas ao
manejo. Além de também diferirem quanto à robustez frente interferências de fontes de
variação ocasionadas devido às diferentes datas de coleta.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - EDSON PATTO PACHECO
Externo à Instituição - LUCIANO DA SILVA SOUZA
Presidente - 579.662.146-72 - MARCELO FERREIRA FERNANDES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16104-201f40f5e2