UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 20 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: NAYARA DA CRUZ SANTANA LIMA
19/02/2019 15:15


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NAYARA DA CRUZ SANTANA LIMA
DATA: 28/02/2019
HORA: 10:00
LOCAL: Mini auditório CCBS
TÍTULO: CONSTRUÇÃO E VALIDAÇÃO DE UM INSTRUMENTO PARA CONSULTA DE ENFERMAGEM EM SERVIÇO AMBULATORIAL DE UROLOGIA
PALAVRAS-CHAVES: Doenças Urológicas; Cuidados de Enfermagem; Avaliação em Enfermagem; Assistência Ambulatorial
PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
SUBÁREA: Enfermagem Médico-Cirúrgica
RESUMO:

Trata-se de um estudo que teve como objetivo elaborar um instrumento para realização da consulta de enfermagem a pacientes com problemas urológicos atendidos no ambulatório de especialidades da Universidade Federal de Sergipe. Para tanto utilizou dois desenhos metodológicos diferentes, uma revisão integrativa e um estudo metodológico com abordagem quantitativa. A Teoria das Necessidades Humanas Básicas foi utilizada como referencial teórico. Para o estudo de revisão a amostra foi composta por artigos que versaram sobre assistência de enfermagem a pacientes com diagnóstico de problemas urológicos, publicados nos últimos 10 anos, nas bases de dados LILACS, BDENF e MEDLINE, nos idiomas inglês, português e espanhol, além de buscas nos prontuários dos pacientes atendidos no referido ambulatório. Para o desenho metodológico as amostras foram compostas por seis juízes que validaram os indicadores empíricos encontrados para pacientes com diagnóstico de problemas urológicos. O estudo foi realizado por meio das seguintes etapas: identificação dos indicadores empíricos, validação dos indicadores empíricos pelos juízes selecionados, estruturação do instrumento a partir das Necessidades Humanas Básicas encontradas na primeira etapa e identificação dos diagnósticos de enfermagem, segundo a classificação diagnóstica NANDA-I. Na análise dos dados foi considerado para a confirmação e relevância dos indicadores empíricos o Índice de Concordância maior ou igual a 0,80. A revisão integrativa para identificação dos indicadores empíricos resultou em 11 artigos selecionados. Após a realização do processo de identificação dos indicadores e normalização, foi gerada uma lista com 883 indicadores, sendo que destes, foram validados 331, os quais foram pareados de acordo com o referencial teórico em 15 necessidades psicobiológicas, 12 necessidades psicossociais e uma necessidade espiritual. Para as necessidades psicobiológicas foram totalizados 254 indicadores sendo que a necessidade de eliminação apresentou maior número de indicadores empíricos encontrados. As necessidades psicossociais obtiveram 75 indicadores resultando um maior número de indicadores empíricos para a necessidade de aprendizagem, já a necessidade psicoespiritual, foram selecionados dois indicadores. Na última etapa foram identificados os diagnósticos de enfermagem, segundo a classificação diagnóstica NANDA-I para pacientes com diagnóstico de problemas urológicos de acordo com os indicadores empíricos validados. Dessa maneira, foi estruturado o instrumento para consulta de enfermagem a pacientes com problemas urológicos, atendidos no ambulatório de especialidades. Espera-se que esse instrumento contribua para uma assistência de enfermagem sistematizada e individualizada a esses pacientes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 6426549 - ANA CRISTINA FREIRE ABUD
Interno - 2029205 - ANDREIA FREIRE DE MENEZES
Interno - 2661918 - JOSE ANTONIO BARRETO ALVES
Interno - 426676 - MARIA PONTES DE AGUIAR CAMPOS
Externo ao Programa - 2312809 - ANA DORCAS DE MELO INAGAKI

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12646-2c874e3307