UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 23 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: EDIOMAR COSTA SERRA
13/02/2019 11:49


Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EDIOMAR COSTA SERRA
DATA: 27/02/2019
HORA: 08:30
LOCAL: Mini auditório do P²CEM
TÍTULO: INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA E DO TEOR DE WSX NO COMPORTAMENTO TRIBOLÓGICO E DE OXIDAÇÃO EM FILMES FINOS DE TIN+WSX DEPOSITADOS POR MAGNETRON SPUTTERING REATIVO .
PALAVRAS-CHAVES: Nitreto de titânio; revestimentos; oxidação; coeficiente de atrito; desgaste.
PÁGINAS: 122
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

Revestimentos de TiN+WSx foram depositados por magnetron sputtering reativo para investigar a influência da temperatura e do dissulfeto de tungstênio (WSx) no comportamento tribológico e de oxidação desse composto. Os teores de WSx utilizados foram 4; 19 e 40 at% calculados por RBS. Análises de GIXRD mostraram somente picos da estrutura cristalina do TiN, sem a presença de picos característicos do WSx. O plano (111) teve orientação preferencial, com perda de intensidade e discreto deslocamento dos picos para ângulos menores, devido à incorporação de 4% de WSx na matriz de TiN, resultando em estado amorfo para os demais teores. A nanodureza apresentou uma tendência na redução de seus valores à medida que os teores de WSx aumentaram na estrutura dos filmes finos de TiN. Foi observada ótima resistência à oxidação até 400ºC, mas ficando evidente a oxidação parcial dos filmes a 500ºC. Os testes de riscamento exibiram melhor desempenho na adesão para o filme com 19% de WSx. Os ensaios tribológicos recíprocos foram realizados contra esfera de alumina (Al3O2). Na temperatura ambiente os revestimentos com 4 e 19 at% de WSx tiveram seus coeficientes de atrito (µ) reduzidos em relação ao TiN puro, com melhor resultado para o revestimento contendo 19 at%, que também exibiu menor taxa de desgaste. O filme com 40 at% de WSx, apesar de ter oferecido efeito de baixo atrito, indicou falha do revestimento antes do término do teste, devido sua baixa dureza, resultando no aumento do coeficiente de atrito e na taxa de desgaste. A composição com 4 at% de WSx apresentou ligeiro aumento do coeficiente de atrito, acima de 70°C, assim como na taxa de desgaste, atribuído à elevação da abrasão. O revestimento com 19 at% de WSx exibiu efeito de baixo atrito até 12 min do ensaio realizado a 150°C, havendo a partir de então aumento do coeficiente de atrito, que alcançou um valor médio similar ao teste efetuado a 300ºC. Baixos valores de taxa de desgaste foram registrados até 70ºC, acima disso, observou-se uma tendência no crescimento da mesma em decorrência dos efeitos abrasivos. O filme com 40 at% de WSx apresentou comportamento tribológico semelhante até 70°C, mostrando tendência no aumento do valor do coeficiente de atrito e da taxa de desgaste para temperaturas maiores.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1819778 - EDUARDO KIRINUS TENTARDINI
Externo à Instituição - KARYNE RAMOS DE CAMPOS JUSTE
Externo à Instituição - MARIA DE FATIMA SALGADO
Interno - 358689 - SANDRO GRIZA
Interno - 2653918 - WILTON WALTER BATISTA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5