UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 28 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: JOSÉ AUGUSTO DE SANTANA JÚNIOR
07/02/2019 10:49


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ AUGUSTO DE SANTANA JÚNIOR
DATA: 25/02/2019
HORA: 14:30
LOCAL: SALA 2 - PPGAGRI
TÍTULO: Composição, estrutura e diversidade em um fragmento de Mata Atlântica no município de São Cristóvão, Sergipe
PALAVRAS-CHAVES: status de conservação, degradação, bioinvasão, endemismo.
PÁGINAS: 79
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

A Matinha da Universidade Federal de Sergipe – UFS, é de grande importância para a conservação da biodiversidade em uma parte da Bacia Hidrográfica do Rio Poxim, uma região com fragmentos devastados de Mata Atlântica. O presente trabalho foi realizado com o objetivo de analisar a composição e a estrutura da comunidade e do habitat de um fragmento de Mata Atlântica, situado no Campus da Universidade Federal de Sergipe, no município de São Cristóvão, Sergipe. Foram realizadas expedições botânicas ao remanescente florestal de setembro/2017 a Janeiro/2018. Uma listagem florística foi confeccionada com as famílias, gêneros e espécies, classificadas quanto à origem: exóticas, naturalizadas e cultivadas; quanto ao status de conservação: ameaçadas de extinção, endêmicas e plantas raras; quanto ao hábito: herbáceas, arbustivas, arbóreas e trepadeiras; quanto ao grupo ecológico: pioneiras, secundárias iniciais e secundárias tardias; quanto à síndrome de dispersão: anemocóricas, autocóricas e zoocóricas. Foram distribuídas 30 parcelas de 20x30 aleatoriamente e distantes a 77 metros entre cada uma. Apenas os indivíduos arbustivo-arbóreos com diâmetro à altura do peito (DAP a 1, 30 do nível do solo) ≥ 5 cm foram mensurados e analisadas a composição, a estrutura horizontal e vertical (densidade, frequência, dominância), a diversidade vegetal (Índice de Diversidade de Shannon-Wiener (H’), Índice de Equitatividade de Peilou (J’). Foram medidas em uma escala local e de paisagem, as variáveis ambientais (pH, condutividade elétrica (CE), matéria orgânica (MO), alumínio (Al), cálcio (Ca), fósforo (P), e magnésio (Mg) dos solos, e para a paisagem utilizou-se os índices de configuração do fragmento. Observou-se a presença de 133 espécies, 114 gêneros pertencentes a 50 famílias. Fabaceae destaca-se com o maior número de espécies (23 spp), seguida de Asteraceae (11 spp). Duas espécies endêmicas da Floresta Atlântica, a Ipomoea eriocalyx (Mart. ex Choisy) Meisn. e Annona glabra L. As herbáceas apresentaram o maior número de espécies (69 spp), seguida das arbustivas (25 spp). As pioneiras foram mais significativas (81 spp), seguida das secundárias iniciais (27 spp) e para os grupos ecológicos, anemocoria (54 ssp) foi a mais significativa. Observou-se 1.252 indivíduos vivos de 24 espécies, distribuídas em 22 gêneros e 14 famílias botânicas, sendo 118 indivíduos mortos em pé (sem identificação). A densidade relativa estimada foi de 554,6 ind.ha-1 e a diversidade de Shannon foi de 2,05 nat.ind.-1 e a equabilidade foi de 0,48. A maioria dos indivíduos registrados apresentou um valor de altura menor que 6,03(H < 6,03). Apesar disso, houve um significativo número de indivíduos com altura maior ou igual a 6,03 e menor que 11,64 (6,03 <= H < 11,64). Verificou-se que houve redução da vegetação preservada de cerca de 7 hectares nos últimos 15 anos. Infere-se que a Matinha da UFS abriga uma grande diversidade taxonômica de plantas, em diferentes estratos sucessionais, com espécies oriundas de outras áreas próximas que podem estar compartilhando dessa diversidade. Devido a rápida redução do fragmento, sugere-se a intervenção imediata pela Universidade Federal de Sergipe, buscando-se a elaboração de medidas visando o manejo sustentável e a recuperação deste importante trecho de vegetação ciliar do Rio Poxim.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANA PAULA DO NASCIMENTO PRATA
Externo ao Programa - 1544973 - ANABEL APARECIDA DE MELLO
Presidente - 2350431 - ROBERIO ANASTACIO FERREIRA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16104-201f40f5e2