UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 28 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: KLEITON PAULO SILVA
07/02/2019 10:23


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: KLEITON PAULO SILVA
DATA: 25/02/2019
HORA: 08:00
LOCAL: SALA 1 - PPGAGRI
TÍTULO: ÓLEO ESSENCIAL DE Varronia curassavica (CORDIACEAE) COMO POTENCIAL AGENTE DE BIOCONTROLE SOBRE Phytomonas serpens
PALAVRAS-CHAVES: Erva-baleeira, plantas medicinais, tripanossomatídeo, fitomonas, Solanum lycopersicum.
PÁGINAS: 54
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

Os protozoários do gênero Phytomonas são responsáveis por diversas doenças em culturas agrícolas de grande importância econômica, no entanto ainda não existe nenhum tipo de controle registrado para esses fitopatógenos. Esse trabalho teve como objetivo avaliar a atividade antiprotozoaria do óleo essencial (OE) de sete genótipos de Varronia curassavica e seus efeitos morfofisiológicos sobre as formas promastigotas de Phytomonas serpens. A análise quimica dos óleos essenciais por cromatografia gasosa com espectrômetro de massa CG-MS dos genótipos VC-002, VC-104, VC-202, VC-302, VC-303, VC-601 e VC-701, demonstrou que α-pineno (56,69%), 7-ciclodecen-1-ona,7-metil-3-metileno-10-(1-propil) (48,63%), Germacreno D-4-ol (32,16%), ar-curcumeno (20,37%),7-ciclodecen-1-ona,7-metil-3-metileno-10-(1-propil) (19,32%), E-cariofileno (21,78%) e ar-turmerona (28,36%) são os compostos majoritários para cada genótipo, respectivamente. Todos os OEs demonstraram atividade antiprotozoaria, sendo o genótipo VC-202 o que apresentou a menor IC50 (14µg/mL), além de possuir ação citostática sobre P. serpens. As imagens obtidas em microscopia de fluorescência e os dados de fluorescência obtidos utilizando o Iodeto de Propidio (PI) por espectrofotometria, demonstraram que houve permeabilização na membrana citoplasmática com alterações celulares tais como perda do flagelo e arredondamento das células. Através da citometria de fluxo, foi demonstrado que ocorreu perda no potencial de membrana mitocondrial (∆ѱm) das células tratadas com o OE. Os óleos essenciais de V. curassavica possuem grande variabilidade quimica e demonstraram atividade anti-protozoária sobre P. serpens. Até o presente momento não há relatos da atividade de OEs sobre fitomonas, sendo assim o óleo essencial do genótipo 202 é uma potencial fonte de matéria bruta para formulação e comercialização de bioprodutos para o controle de fitomonas.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ELMO EDUARDO DE ALMEIDA AMARAL
Interno - 2213089 - RICARDO SCHER
Presidente - 2208516 - ROBERTA PEREIRA MIRANDA FERNANDES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16104-201f40f5e2