UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 27 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: DANIELA RODRIGUES DOS SANTOS DELMONDES
06/02/2019 14:53


Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANIELA RODRIGUES DOS SANTOS DELMONDES
DATA: 28/02/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de aula do PPGS
TÍTULO: ALIMENTAÇÃO ENQUANTO ANTROPOTÉCNICA: A DIETA EM TEMPOS MODERNOS
PALAVRAS-CHAVES: homem, antropotécnica, técnica, alimentação, dieta, civilização, modernidade.
PÁGINAS: 245
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
RESUMO:

A esfera alimentar humana está circunscrita em um campo específico cravejado por significados, normas e distinções de profundo alcance. Este contexto emerge também como espaço de execução do projeto humano de aperfeiçoamento de si – através do afastamento da natureza e criação de um ambiente hibrido, que abarca natureza e cultra em termos menos rígidos. Buscando entender este projeto dentro do que se refere aos programas alimentares contemporâneos descritos dentro de dietas especificas, seguimos a ideia sloterdijkiana de que o ser humano é um projeto em execução na medida em que produz sua existência ao produzir meios culturais de sua sobrevivência. A técnica está, neste incessante processo, como um instrumento de disciplina e educação. Só podemos compreender o homem se o entendermos como um produto, um processo, um programa, e o identificarmos nos procedimentos de sua produção. Assim, podemos interpretar a condição humana à luz da sua emergência do seu empreendimento de autoplástico. Como um projeto, o homem é, resultado de programações e adestramentos, um produto de antropotécnicas diversas. Dessa forma, objetivamos através deste estudo identificar o caráter antropotécnico das dietas hodiernas, ao passo que reconstituíamos o arcabouço argumentativo e o discurso que tais práticas apresentam. Como narrativas em disputa, estes discursos carregam sentidos específicos sobre noções como saúde, homem e sociedade que têm um profundo alcance em termos auto-referenciais, sociais e políticos. Como discussão subjacente, a resconstituição crítica destas narrativas dietéticas deste recorte possibilitou a análise destas noções, e suas ressignificações, ao passo que possibilitou a identificação do caráter ascético de tais exercícios alimentares.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - EWERTHON CLAUBER DE JESUS VIEIRA
Externo à Instituição - JOÃO BATISTA DE MENEZES BITTENCOURT
Interno - 1494768 - MARCELO ALARIO ENNES
Presidente - 426602 - ROGERIO PROENCA DE SOUSA LEITE
Interno - 2454411 - VILMA SOARES DE LIMA BARBOSA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5