UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 23 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: JOSÉ BATISTA DE SOUZA
22/01/2019 13:03


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ BATISTA DE SOUZA
DATA: 22/02/2019
HORA: 14:00
LOCAL: a definir
TÍTULO: Literatura Digital: ampliando as possibilidades de letramentos no ciberespaço a partir do gênero hiperconto
PALAVRAS-CHAVES: Hiperconto; Hipertexto; Letramento Digital; Literatura Digital; Multiletramentos.
PÁGINAS: 169
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
SUBÁREA: Língua Portuguesa
RESUMO:

Esse Trabalho de Conclusão Final (TCF) apresenta uma proposta de intervenção pedagógica voltada para a realização de dinâmicas que promovam diferentes letramentos por parte dos alunos do Ensino Fundamental II, integrantes do 9º ano, de uma escola da rede pública de ensino do município de Coronel João Sá, Bahia. Com base nessas considerações, o presente trabalho tem como objetivo melhorar o ensino de Língua Portuguesa, especificamente o ensino de produção textual, a partir do gênero digital hiperconto. O hiperconto, devido à multissemiose nele presente, é uma das possibilidades capazes de transfigurar o leitor (CHARTIER, 2002), fazendo-o sair de uma posição menos interativa (como a geralmente vista na relação com textos impressos), para uma posição mais interativa (de construção e reconstrução textual no âmbito digital). Nesse contexto, a metodologia adotada no presente trabalho é a pesquisa teórica (RAMPAZZO; CORRÊA, 2008) e a pesquisa-ação (THIOLLENT, 2002; SEVERINO, 2016), que visa à intervenção e resolução de questões, nesse caso, problemas relacionados à produção textual. Discutimos, ao longo do trabalho a dicotomia entre literatura digital e literatura digitalizada (BRAGA; RICARTE, 2005; SPALDING, 2012); o letramento (KLEIMAN, 2005; SOARES, 1998, 2002, 2016); o letramento digital (BUZATO, 2006; BRAGA, 2010; FREITAS, 2010); os multiletramentos (COPE; KALANTZIS, 2000; ROJO, 2012); o hiperconto (SPALDING, 2010), e o hipertexto (GOMES, 2011). A proposta de intervenção está configurada em quatro etapas, organizadas por meio de oficinas de leitura e produção (PAVIANI; FONTANA, 2009). No final dessa proposta, os resultados apontaram que os discentes passaram a escrever mais, tanto no suporte impresso quanto no digital, melhoraram suas produções escritas a partir de todos os estímulos possibilitados pela literatura digital através do hiperconto, alcançando, dessa forma, uma melhoria significativa na produção textual, com destaque para a progressão da escrita.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2225701 - ANA FLORA SCHLINDWEIN
Interno - 95283 - CARLOS MAGNO SANTOS GOMES
Externo ao Programa - 2583406 - PAULO ROBERTO BOA SORTE SILVA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16100-6196392814