UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 23 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: RODRIGO DE FARO SILVA
08/01/2019 09:47


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RODRIGO DE FARO SILVA
DATA: 28/01/2019
HORA: 08:30
LOCAL: Centro de Pesquisas Biomédicas/HU
TÍTULO: Estudo do efeito terapêutico de preparação farmacêutica nanoencapsulada contendo óleo de pequi (Caryocar Coriaceum) na dor e funcionalidade de mulheres com osteoartrose de joelho: ensaio clínico randomizado.
PALAVRAS-CHAVES: Osteoartrose. Joelho. Produtos Biológicos. Hidrogel. Nanotecnologia. Biotecnologia.
PÁGINAS: 88
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

INTRODUÇÃO: A osteoartrose (OA) é uma doença degenerativa das articulações,ocorrendo quando há modificação das propriedades mecânicas e biológicas da cartilagemarticular e osso subcondral, sendo as mulheres as mais prevalentes. Os produtos naturaiscomo plantas medicinais e seus metabólitos secundários têm sido utilizados no tratamentode várias doenças, especialmente as de base inflamatória. O óleo de Pequi que contémpropriedades anti-inflamatórias vem sendo utilizado na medicina tradicional do nordestebrasileiro na forma in natura para o tratamento de várias síndromes reumáticas. Seu usotópico é seguro e estudos recentes corroboram sua segurança terapêutica em animais eexperimentação em humanos. Adicionalmente, a biotecnologia aliada a nanotecnologiatem sido empregada buscando melhorar as propriedades terapêuticas dos produtosnaturais. OBJETIVOS: Desenvolver uma formulação farmacêutica contendo o óleo depequi nanoencapsulado (FOPN) para o uso tópico e avaliar seu efeito terapêutico sobre ador, força muscular do joelho, amplitude de movimento do joelho, funcionalidade,sintomas específicos do joelho, envolvimento psicológico na dor crônica e qualidade devida em mulheres com AO de joelho em fase aguda. MÉTODOS: O estudo foi divididoem 2 etapas, etapa 1: preparação e caracterização físico-química do FOPN, testes detoxicidade e irritabilidade em pele humana. Etapa 2: Ensaio clínico randomizado duplocego, os pacientes foram divididos em 2 grupos (tratado e controle) para avaliar eficáciaterapêutica do FOPN após 21 dias de tratamento 1x/dia utilizando os seguintesinstrumentos: algômetro de pressão, dinamômetro digital, flexímetro, Time Up And Go(TUG), escala de Lysholm, escala de Catastrofização da dor e questionário SF-36. Aspacientes foram acompanhadas durante 3 semanas e a aplicação da formulação foisuspensa após esse período, sendo 9 pacientes para o grupo tratado (FOPN) e 10 para ogrupo controle (hidrogel livre). O projeto foi aprovado pelo comitê de ética da UFS como número de parecer: 2.944.209. RESULTADOS: A partir dos resultados obtidos, ananoformulação apresentou pH 6,23 ± 0,45, potencial zeta de -23,1 ± 0,4 mV, diâmetromédio 209,5 ± 1,06 nm, índice de polidispersão de 0,137 ± 0,52, forma esférica compresença da parede polimérica e núcleo oleoso característicos dos componentes daformulação. Quanto aos efeitos terapêuticos houveram significância estatística (p < 0,05)quando comparado com medida repetida nos seguintes testes utilizados: Dinamometriados músculos flexores (p<0,01) e extensores (p<0,001); Amplitude de movimento total(p<0,01); TUG (0,001); Escala de Lysholm (p<0,05) e alguns itens do questionário SF36, sendo eles: capacidade funcional (p<0,05) e aspectos sociais (p<0,05).CONCLUSÃO: Desta forma, a nanoencapsulação do óleo permitiu a obtenção de umaformulação estável com tamanho nanométrico e estrutura esférica sem sinais deirritabilidade sendo adequados para uso tópico. Adicionalmente, o incremento na forçamuscular e funcionalidade associados à redução dos sintomas do joelho e melhora naqualidade de vida subsidiam o FOPN uma alternativa terapêutica para essa população.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2026275 - JULIA GUIMARAES REIS DA COSTA
Externo ao Programa - 2320427 - LEONARDO YUNG DOS SANTOS MACIEL
Externo ao Programa - 1116468 - MARILIA TRINDADE DE SANTANA SOUZA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5