UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 22 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: ALEXANDRE AUGUSTO FERNANDES
07/01/2019 10:26


Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALEXANDRE AUGUSTO FERNANDES
DATA: 24/01/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Centro de Pesquisas Biomédicas/HU
TÍTULO: SISTEMATIZAÇÃO DA DESCRIÇÃO MORFOLÓGICA DE LESÕES BENIGNAS DAS PREGAS VOCAIS: VALIDAÇÃO DO MODELO LEAPA
PALAVRAS-CHAVES: Disfonia. Laringoscopia. Relatório técnico. Validade dos testes.
PÁGINAS: 73
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
RESUMO:

Introdução: A apresentação descritiva dos exames na Medicina e áreas afins representa-se com elevado nível de importância. Reconhecida com a terminologia de laudo, necessita de elaboração objetiva para transmitir com fidedignidade o que realmente acontece. Na laringologia, a variabilidade nas formas de laudos sobre um mesmo assunto promovendo dúvidas ou direcionamentos evolutivos incorretos, justifica a necessidade de padronização dos mesmos a partir de uma avaliação sistematizada. Objetivo: Sistematizar a descrição morfológica das lesões laríngeas, criando uma linguagem uniforme para os laudos de laringoscopia. Método: Estudo de desenvolvimento metodológico destinado a elaboração, validação e aplicação do modelo LEAPA para padronizar a descrição morfológica das lesões orgânicas benignas de pregas vocais. Foi utilizado a validade de face/conteúdo com análise da consistência interna por meio do coeficiente alfa de Cronbach, seguido do cálculo do índice Kappa de Cohen para avaliar a aplicabilidade por meio do nível de concordância entre a leitura do laudo da lesão e a imagem fotográfica da mesma, obtida do exame de videolaringoscopia. Resultados: O questionário de validação apresentou valores considerados homogêneos nos domínios avaliados com o coeficiente alfa de Cronbach total 0,944, valores do alfa de Cronbach se o item for excluído variando entre 0,93 a 0,95 entre todos os quesitos e desvio-padrão de cada quesito oscilando entre de 0,95 a 2,02. A validação de face/conteúdo resultou na porcentagem global de 76% revelando pontuações por avaliador que variaram de 64 (54,62%) a 114 (95,8%) e médias por quesito entre 4,38 (62,5%) e 6,31 (90,1%). A análise de reprodutibilidade apresentou classificação idêntica para ambas as situações avaliadas com Kappa 0,609 (p=0,045) para a leitura do laudo e Kappa 0,759 (p=0,039) para a visualização da foto conferindo nível de concordância substancial. Conclusão: O modelo LEAPA apresentou validade de face/conteúdo com elevada consistência interna e confiabilidade, além de significativa reprodutibilidade e acurácia.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2529408 - CARLOS RODOLFO TAVARES DE GOIS
Interno - 1315121 - DIVALDO PEREIRA DE LYRA JUNIOR
Externo à Instituição - FRANCISCO PRADO REIS
Interno - 1695058 - MARCO ANTONIO PRADO NUNES
Presidente - 426673 - RICARDO QUEIROZ GURGEL

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12692-c69972fb69