UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 25 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ADRIELLY ÁGUIDA MENEZES DE SÁ
27/11/2018 14:25


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ADRIELLY ÁGUIDA MENEZES DE SÁ
DATA: 21/12/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do DFA
TÍTULO: Desenvolvimento e avaliação despigmentante de microemulsões contendo óleo essencial de canela (Cinnamomum zeylanicum Blume)
PALAVRAS-CHAVES: Melanogênese. Cinnamomum zeylanicum Blume. Citrus sinensis (L.) Osbeck. Syzygium aromaticum. Microemulsão.
PÁGINAS: 101
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

A pele sofre constantemente alterações de fatores internos e externos, que podem levar a impactos negativos na qualidade de vida dos indivíduos. Contudo, a crescente busca pelos cuidados com a saúde cutânea bem como a utilização de novos produtos cosméticos se tornaram relevantes a fim de amenizar esses efeitos. Desordens pigmentares ou Discromias como a hiperpigmentação cutânea tendem a agravar com a idade e podem ser causadas por diversos fatores. Dentre eles, a exposição excessiva ao sol é um dos principais responsáveis por desencadear e/ou intensificar a formação de manchas escuras na pele. Concomitantemente, formulações microemulsionadas tem sido alvo de interesse da indústria cosmética por promover e direcionar a entrada de ativos cosméticos na pele, melhorando assim a sua ação tópica. No presente trabalho, foram avaliados pelo método enzimático, com leitura espectrofotométrica, os óleos essenciais de Cinnamomum zeylanicum Blume (óleo de canela), Citrus sinensis (L.) Osbeck. (óleo de laranja) e Syzygium aromaticum (óleo de cravo da Índia) que contém substâncias químicas capazes de influenciar no processo de melanogênese. Dentre os três óleos essenciais, o mais ativo foi de o Cinnamomum zeylanicum Blume – casca por apresentar como componente majoritário o cinamaldeído. Visando uma administração tópica do óleo essencial de Cinnamomum zeylanicum Blume, foi desenvolvida e, posteriormente, caracterizada uma formulação facial microemulsionada. A construção do Diagrama de Fases Pseudoternário foi realizada como etapa inicial do estudo, sendo composta pela mistura de Tween 80® e Propilenoglicol (2:1) como tensoativo e co-tensoativo, como fase oleosa o Miristrato de Isopropila, Olivem 300® e a mistura desses dois óleos (1:1) e água como fase aquosa. A partir das regiões de microemulsões obtidas, foram selecionadas quatro formulações óleo em água por meio da condutividade elétrica e microscopia de luz polarizada. Em seguida, foi realizada a avaliação das características de tamanho de gotícula, analise reológica e SAXS, evidenciando ao final das caracterizações microemulsões bicontínuas. A citotoxicidade feita por meio do método MTT e a estabilidade acelerada das formulações também foram realizadas, apresentando resultados satisfatórios para o estudo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1686032 - ANA AMELIA MOREIRA LIRA
Externo ao Programa - 2388914 - SALVANA PRISCYLLA MANSO COSTA
Interno - 1658460 - VICTOR HUGO VITORINO SARMENTO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5