UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 26 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: SAMARA OLIVEIRA LOPES
28/08/2018 09:58


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SAMARA OLIVEIRA LOPES
DATA: 03/09/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de reuniões do Conselho Superior
TÍTULO: CARGA DE TRABALHO E DESFECHOS PSICOLÓGICOS DOS ENFERMEIROS EM DUAS UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA
PALAVRAS-CHAVES: Unidade de terapia intensiva. Carga de trabalho. Síndrome de burnout. Qualidade de vida. Profissionais de enfermagem.
PÁGINAS: 44
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
SUBÁREA: Enfermagem Médico-Cirúrgica
RESUMO:

Introdução: a Unidade de Terapia Intensiva é um setor hospitalar onde a carga de trabalho é elevada e com isso pode haver desfechos psicológicos nos profissionais que neste local laboram, tais como estresse, Síndrome de burnout e danos à qualidade de vida. Neste sentido, estudos que avaliem a carga de trabalho, bem como a gravidade dos pacientes e a associação destes com prejuízos à saúde do trabalhador podem contribuir para promover o adequado dimensionamento nas instituições de saúde, bem como ações de prevenção a danos laborais e elevar a qualidade da assistência. Objetivo: avaliar a carga de trabalho e os desfechos psicológicos dos enfermeiros em duas Unidade de Terapia Intensiva. Materiais e método: estudo observacional, de coorte prospectivo e transversal. Será realizado em duas Unidades de Terapia Intensiva públicas, na cidade de Aracaju, Sergipe. A população será constituída por enfermeiros intensivistas e pelos pacientes internos (dados contidos nos prontuários). Durante a coleta de dados serão aplicados nos enfermeiros atuantes nesse local um instrumentos de caracterização no qual constará variáveis sociodemográficas, econômicas e referentes a atividades de lazer e satisfação profissional e instrumentos que avaliam o estresse, a Síndrome de Burnout e a qualidade de vida, que são respectivamente: o Perceived Stress Scale ( PSS-14), o Maslach Burnout Inventory (MBI) e o Whoqol-bref, todos aplicados em etapa única. Ao mesmo tempo serão aplicados com base nos prontuários dos pacientes internados um instrumento de caracterização no qual constará variáveis sociodemográficas, econômicas e clínicas e instrumentos que avaliarão a gravidade dos pacientes e a carga de trabalho dos enfermeiros, os quais são: Simplified Acute Score (SAPS II) e Nursing Activitties Score (NAS), respectivamente. Os dados serão armazenados no programa eletrônico da Microsoft Excel e serão analisados com o auxílio do software BioEstat 5.0. Resultados esperados: espera-se com este estudo que se possa verificar se a carga de trabalho é elevada nessa instituição de saúde e se há associação desta com a gravidade dos pacientes e com consequentes desfechos psicológicos. O estudo poderá contribuir ainda para promover ações destinadas a melhorias nas condições de trabalho dos enfermeiros bem como aumentar a qualidade da assistência prestada nessa instituição.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2661918 - JOSE ANTONIO BARRETO ALVES
Interno - 2356666 - MARIA DO CARMO DE OLIVEIRA RIBEIRO
Externo ao Programa - 2771472 - MARIANGELA DA SILVA NUNES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5